Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Enternecedor

por beatriz j a, em 30.11.18

 

Primeiro, ver a quantidade de angolanos que dão presentes a portugueses; mas mais do que isso, a quantidade de amigos e primos que oferecem casa, quadros e vidas luxuosas ao Socas. Uma pessoa passa por certos cargos e ganha logo imensos benfeitores. Enternecedor.

 

Primo compra casa para Sócrates na Ericeira. José Paulo [o primo] recebeu o imóvel, em outubro deste ano, de um cidadão angolano para o pagamento de uma dívida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

 

 

... ninguém o conhece nem isso tem influência nenhuma sobre coisa alguma. Aliás, é do seu ministério que saem as informações com as quais elaboraram o relatório mas ele também não tem nada a ver com isso, ele trabalha no outro gabinete ao fundo do corredor... e trabalhar ao mesmo tempo no organismo que fornece a informação e no que faz relatórios sobre o seu organismo nem representa um conflito de intereses... às tantas ele nem é do ministério da educação... isto é uma cabala a aproveitar ele não ter poder para o prejudicar nos seus cargos paralelos de grande perito de educação básica e secundária e na sua missão de educar professorzinhos. Ah! Espera lá... ele dá aulas mas é numa universidade... ah, mas não faz mal, ele é o numinoso, logo ele é perito no que não faz...

 

Além disso, desde 2016 que o governante é um dos peritos convidados pela OCDE para colaborar num relatório sobre o Futuro da Educação 2030 que já foi, aliás, publicado. Mas ao contrário do que sucedeu quando João Costa foi eleito para presidir os peritos do TALIS, o Executivo anunciou o convite ao governante para perito através de uma nota no portal do Governo e de um comunicado de imprensa. 

 

O SOL falou com vários ex-ministros da Educação e em nenhum gabinete anterior um secretário de Estado em funções assumiu qualquer cargo na OCDE.       Já o porta-voz da OCDE disse ao SOL não ter informação disponível sobre o assunto.   

 

No entanto, o Ministério da Educação entende que «não há qualquer associação entre as funções desempenhadas pelo Secretário de Estado da Educação em comités e projetos da OCDE, dos quais participam outros decisores políticos com funções semelhantes e distintas».

 

É já longa a relação entre João Costa e a OCDE e há estudos de, pelo menos, 2012 que contam com a colaboração do atual governante, enquanto perito.   

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:40

 

 

Mas há alguma razão que permita que pessoas destas possam, agora ou no futuro, aproximar-se um centímetro sequer de cargos que envolvem dinheiros públicos? Pessoas tais que mesmo que não sejam uma quadrilha de ladrões são, no mínimo, uma quadrilha de malfeitores por excesso de incompetência? Qual a razão para não haver uma lei que impeça este tipo de malfeitores de poderem ocupar cargos da Res Publica e se permite que saltem de cargo em cargo destruindo tudo à passagem?

 

O cerco da PJ aos ex-governantes de Sócrates na investigação às PPP. Custos podiam subir 3,5 mil milhões

Quebra de sigilo bancário para cinco ex-governantes e respetivas mulheres, buscas num cabeleireiro, acordos secretos. Os bastidores da investigação da PJ às PPP, em que Paulo Campos é o grande alvo.

 

Os relatórios da PJ, elaborados com base nos diversos relatórios de peritos não poupam nos adjetivos para descreverem a alegada gravidade do que está em causa, falando em irregularidades, falha grave e em cadeia de diversas normas prudenciais.

 

 

Por isso mesmo, foi sem surpresa que o Tribunal de Contas chumbou as subconcessões, recusando em 2009 o visto prévio aos primeiros cinco contratos.  A recusa de visto caiu que nem uma bomba no Governo de José Sócrates e levou ao envolvimento do próprio primeiro-ministro nas negociações que decorreram com o Tribunal de Contas,...

 

O Tribunal de Contas acabou por aceitar que a EP apresentasse contratos reformados com os valores das propostas originais que, à primeira vista, apresentavam custos mais baixos do que os que foram submetidos a visto prévio na primeira fase. O problema é que foram assinados anexos aos contratos (as chamadas side letters) que continham um novo mecanismo de pagamento às concessionárias, a chamada “Compensação Contigente”.

 

Qual é o problema desta compensação? Na ótica dos peritos financeiros e da PJ, são vários e profundos.

  • São pagamentos extra-contratuais que pretendem compensar as concessionárias por ‘baixarem’ as suas propostas na BAFO e contornar a recusa de visto prévio do Tribunal de Contas;
  • Tal mecanismo de remuneração não estava previsto no contrato original, logo não tem justificação comercial ou contratual;
  • O compromisso de pagamento não figura de uma forma clara e explícita e quantificada no Contrato de Subconcessão
  • Os montantes a pagar são definidos pelos bancos numa chamada “carta de consentimento” (tradução da expressão inglesa “Consent Letter”), e, apesar da sua aceitação por dois administradores da empresa liderada por Almerindo Marques, a PJ tem dúvidas de que todos os procedimentos que são aplicáveis a uma sociedade de capitais públicos como a EP tenham sido cumpridos.

A auditoria realizada em 2012 pelo Tribunal de Contas detetou estes pagamentos contingentes que considerou ilegais por não terem sido submetidos ao visto prévio dado em 2010. Segundo esta auditoria, estas compensações fora do contrato, também referidas como acordos secretos, representavam encargos adicionais a preços da altura de 705 milhões de euros. 

 

Apesar de a auditoria do Tribunal de Contas ter antecipado as conclusões da perícia feita por Mariana Abrantes de Sousa, o relatório entregue à PJ diz que os juízes não conseguiram na altura quantificar o impacto financeiro do encargo extraordinário assumido fora das regras do concurso e que estima ser de 3,13 mil milhões de eurosno final dos contratos. Este é o valor dos fluxos de pagamento acumulados ao longo dos 30 anos de duração das concessões. 

(...)

A leitura e a análise dos contratos das PPP rodoviárias sempre foi muito complexa. Na prática, só a reunião de uma equipa constituída por um jurista (para decifrar a linguagem jurídica), um engenheiro (para interpretar os pormenores técnicos das vias) e um matemático (para fazer os cálculos subjacentes ao contrato) permitiria interpretar corretamente os documentos sob investigação judicial desde 2011.

 

Por isso mesmo, a PJ solicitou a realização de uma perícia às fórmulas matemáticas contidas nos contratos das concessões ex-SCUT que foram renegociados em 2010 — e que são essenciais para apurar os pagamentos devidos pela EP às concessionárias, nomeadamente os pagamentos por disponibilidade que foram introduzidos com a renegociação de 2010. E o resultado, entregue a 14 de março de 2016, é devastador para a credibilidade dos contratos subscritos pelo Estado, tal como a SIC noticiou esta semana.

 

De acordo com os peritos matemáticos José Matos (do Instituto Superior de Engenharia do Porto e do Centro de Matemática da Universidade do Porto) e Fernando Mirada (da Universidade do Minho), eis os principais problemas:

  • Textos incompletos, opções injustificadas, definições imprecisas e fórmulas com erros;
  • As fórmulas são mais complexas do que o necessário, para dificultar o escrutínio;
  • Não são explicadas nem as fórmulas, nem os seus objetivos, nem os valores dos parâmetros que as integram, deixando obscuros os montantes que daí resultam;
  • Diversas fórmulas contém fatores multiplicativos de elevado risco no resultado;
  • E outras, nomeadamente as que estão relacionadas com os dados da sinistralidade, permitem a aplicação de um denominador nulo, inviabilizando a aplicação das fórmulas;

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:12

 

 

Não me parece que ele ignore as responsabilidades que também tem connosco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34


A quem incomoda a PGR?

por beatriz j a, em 10.01.18

 

PR angolano exonera mais um filho de José Eduardo dos Santos

 

... Costa tem muito respeitinho ao dinheiro e aos seus donos...

... Angola está em plena época de Grande Purga

... a PGR está por trás da prisão do Socas e do AngolaGate

... a ministra da Justiça tem de apelido, Van Dunem

 

O PS não gosta de gente independente não manipulável?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02

 

Economista acusado de manipular dívida pública processa Estado português

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:46

 

António Costa: são precisos "nervos de aço e sangue frio" com a oposição

O secretário-geral frisou que Portugal vive hoje um clima de tranquilidade e paz social e que só o "exercício artificial de incharia e insultos" por parte da oposição procura criar uma ilusão no país de que não vive uma situação de confiança e respiração, sem angústia e num tempo novo.

 

Ele é que está no poder e a oposição é que causa stress? Que descaramento... E os problemas do país são ter uma oposição? E se a oposição se opõe, como é o seu trabalho, isso é um "exercício artificial de incharia e insultos"? Que queria ele? Queria ter o poder e como extra-bónus uma oposição submissa, apática, vendida? Quem argumentava que estávamos no melhor dos mundos e o único problema era a oposição ter mau perder e ser do contra era o Sócrates...

Faz parte da maturidade democrática os líderes aceitarem a prática da oposição como normal e serem até capazes de usar as críticas para melhorar o seu trabalho.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:14

 

 

Sócrates nega suspeitas de não ser o autor de novo livro

Antigo primeiro-ministro lançou nova obra e acusa MP de campanha para o denegrir.

No lançamento do livro - cuja apresentação foi da responsabilidade do deputado socialista Sérgio Sousa Pinto - estiveram o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, a ex-candidata presidencial Maria de Belém, o secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, o secretário-geral da UGT, Carlos Silva, e o seu antecessor João Proença.

Os ex-membros de governos de José Sócrates como Pedro Silva Pereira, Mário Lino, Paulo Campos e José Junqueiro também marcaram presença, assim como o antigo comissário europeu socialista António Vitorino e as deputadas Joana Lima e Isabel Santos.

 

Quem está presente é conivente e o acto tem grande significado político. Uma pessoa bem queria ter respeito pelos políticos do país mas assim é difícil.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 07:25

 

 

 

Acho normal que o Presidente o cumprimente. O que não gostei foi de ouvi-lo falar em gratidão ao Sócrates. Ele está ali a representar-nos e tem que ter presente a situação do Sócrates, as suspeitas que sobre ele recaem quanto ao que fez enquanto era ministro e primeiro ministro. Era escusado e é ofensivo para nós.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:06


Nivelar por baixo

por beatriz j a, em 08.05.16

  

 

Sócrates: Passos Coelho "não percebeu o simbolismo" do túnel do Marão

No seu discurso, o primeiro-ministro António Costa também sublinhou o carácter “histórico” deste investimento e comparou a relevância da abertura do túnel do Marão à construção da primeira ponte sobre o Tejo, durante o Estado Novo. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:13


O semelhante atrai o semelhante...?

por beatriz j a, em 12.04.16

 

 

 

 jornal i

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:58


Indigência...

por beatriz j a, em 21.03.16

 

 

 Do CMTV

 

 

 Depois há o outro que abriu uma conta na Suíça mas não pôs lá dinheiro, foi só para ver como era :))) Isto é só rir...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:05


Coisas que deviam envergonhar Portugal

por beatriz j a, em 21.02.16

 

 

 

Sócrates escolheu direção do JN Semanário ‘Sol’ revela conversas.

As escutas do processo Marquês, que este sábado o semanário ‘Sol’ revelou, não deixam dúvidas. "Era bom que eles percebessem que eu sou um joker em qualquer posição para mandar. E que também sei que um general prussiano não se amotina", dizia Camões a Sócrates, pedindo que aquele interferisse na escolha de Proença de Carvalho.

O semanário ‘Sol’ revela mais conversas. Como outra, mantida entre José Sócrates e Proença de Carvalho: "Olhe, meu caro, você precisa de um tipo que em qualquer circunstância não faça perguntas e obedeça. E olhe que não tem ninguém melhor em termos de currículo e de lealdade: é daqueles que sabem fazer as coisas." 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:24

 

 

Sócrates:

Ex-primeiro-ministro diz que um "processo não é justo se ele for intimidatório".

 

Sócrates queixa-se dos juízes portugueses que diz serem medievais e terem um a embirração com ele. Imagine-se então o que dirá o 50 Cent dos juízes americanos...

Nos EUA a juíza que julga o caso da declaração de falência de 50 Cent ordenou-o que explicasse a série de fotografias que pôs no Instagram onde aparece cheios de maços de notas de 100 dólares por todo o lado, desde a cama ao frigorífico, já que isso fá-la duvidar da declaração de falência dele. O que diria ela se o 50 Cent levasse uma vida de luxo em Paris ao mesmo tempo que declara não ter dinheiro...? Just saying...

Judge Orders 50 Cent to Bankruptcy Court Over Instagram Photos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:40


Qual honra??

por beatriz j a, em 19.02.16

  

 

Sócrates: Tribunal confirma vida de luxo em Paris

O jornal publicou que José Sócrates gastava cerca de 15 mil euros mensais, incluindo sete mil de renda. O restante era gasto em alimentação, propinas, viagens e outras despesas gerais, escreveu o CM. Valores que foram considerados verdadeiros pelo Tribunal.

 

Apesar de Sócrates alegar que o dinheiro provinha da mãe e de um empréstimo de 120 mil euros contraído na Caixa Geral de Depósitos, o juiz José António Capacete deu como não provada a relação entre estas alegações e a vida luxuosa do ex-primeiro-ministro. E dá como assente que após a saída do governo, Sócrates não tinha fontes de rendimento, estava desempregado e sem fortuna conhecida.

 

Outro dos aspectos alegados no processo interposto por Sócrates dava conta que a sua honra tinha sido afectada após a publicação das notícias. No entanto, o juiz responsável pela decisão afirmou que alguém com cargos públicos tem “responsabilidades acrescidas” destacando-se a importância da comunicação social no escrutínio e transparência da vida pública.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:28


As insónias levam-nos a lugares estranhos

por beatriz j a, em 16.12.15

 

 

 

Levam-nos a ver programas que nunca veríamos... como uma discussão na TV acerca da entrevista do Socas onde ouvimos dizer 80 vezes que ninguém o está a acusar de ser culpado (parecem os europeus com medo de ofender os muçulmanos por denunciarem certas práticas que violam os direitos mais básicos de qualquer ser humano) apenas a dizer que não é vulgar receber dinheiro vivo às tranches em malas por um motorista... 'não é vulgar'?? O que não é vulgar é um eclipse do sol... receber dezenas de milhares de euros em notas às escondidas é o típico procedimento dos criminosos e é até muito vulgar... e depois, fala-se sobre a relevância política do Socas... ele não foi preso por ser um ex-primeiro-ministro ou um político relevante mas por se suspeitar ser um vulgar criminoso, de modo que só tem relevância política porque continuam a convidar um tal sujeito para dar entrevistas na TV. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:15


Afinal...

por beatriz j a, em 27.11.15

 

 

 

 Era o que já sabíamos... 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:49


A propósito de Idade Média...

por beatriz j a, em 23.11.15

 

 

“Nestes quatro anos perdemos 80 mil filiados”

Carlos Silva, secretário-geral da UGT, diz que é preciso mudar o actual paradigma e perceber como é que os sindicatos podem acolher os trabalhadores com contratos precários.

 

Isto deve ser uma anedota... então este Carlos Silva anda em almoços a prestar vassalagem ao Sócrates, esse fulano que recebe milhões em malas, com mais processos que o Silva dos Plásticos e mais mal cheirosos que a Portucel e depois não percebe porque é que não confiam neles e fogem aos milhares...? 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03


Primeiro distribui-se favores, depois cobra-se

por beatriz j a, em 04.11.15

 

 

Cunhada diz que José Sócrates pagava viagens e férias da família

 

Tânia afirmou ter-se sempre questionado quem pagava aquilo tudo. A companheira de António Pinto de Sousa acrescentou ser hábito passar férias, por exemplo, no Pine Cliffs Resort no Algarve (onde um quarto em época alta custa mais de 500 euros por noite). Além deste destino, Tânia recordou viagens a Salvador da Bahia, no Brasil, declarando novamente nunca ter pago nada.

 

Ele pagava férias em hotéis de luxo à família, casa em Paris aos filhos dos amigos/companheiros de governo e sabe-se lá que mais... e estes todos aceitavam estes presentes sabendo que ele vivia do salário... aceitavam distraídos, como quem não percebe nada...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:59


no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



edicoespqp.blogs.sapo.pt-Google pagerank,alexa rank,Competitor