Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um curador com sentido de humor 😉

por beatriz j a, em 15.06.19

 

Venus de'Medici - galleria degli Uffizi (via Paul, Paul, Paul)

 

publicado às 20:58


Começar o dia bem disposta :)

por beatriz j a, em 12.11.14

 

 

 

 

 

 

Tags:

publicado às 05:45

 

 

 

[NOTA: Esta crónica foi originalmente publicada no dia 12 de dezembro, dia em que Pedro Passos Coelho deu uma entrevista à TVI e TSF] Visão

 

Hoje, Pedro Passos Coelho (PPC) dará uma entrevista a Judite Sousa (JS) e Paulo Baldaia (PB). A VISÃO publica, em antecipação, o conteúdo da conversa de logo à noite.

JS: Boa noite, sr. primeiro-ministro. Como é que vê o estado em que o país se encontra?

 

PPC: Julgo que o país está com uma dinâmica de crescimento muito boa e os indicadores da economia, do emprego às exportações, são muito positivos.

 

PB: De que país é que está a falar?

 

PPC: Da Alemanha. De qual é que vocês estavam a falar?

 

JS: De Portugal.

 

PPC: Ah. É uma realidade que conheço menos bem. Mas creio que também há razões para optimismo.

 

PB: O que é que espera da penúltima avaliação da troika?

 

PPC: Vou usar o método Miguel Relvas: espero passar sem ter feito nada para isso. Ah, ah, ah. Estava a brincar. Permita-me este pequeno chiste. Mais a sério, posso dizer-lhe que estou convencido de que tudo vai correr bem. O governo fez um esforço financeiro e adquiriu graxa preta e também castanha. Seja qual for a cor do calçado dos elementos da troika, vão sair daqui com os sapatos a brilhar. O segredo é uma escova que eu tenho, que nem é demasiado macia nem demasiado dura. E o modo como se esfrega. Está tudo no pulso, sabe?

 

JS: Teme que o tribunal constitucional possa chumbar algumas medidas do Orçamento Geral do Estado para 2014?

 

PPC: Neste momento, já não. Uma pessoa habitua-se. Os problemas que forem levantados pelo tribunal serão corrigidos no segundo orçamento rectificativo.

 

PB: No segundo?

 

PPC: Exacto. Duvido que não tenhamos de apresentar um rectificativo ainda antes da decisão do tribunal. Somos um governo trabalhador. Alguns dos executivos anteriores limitavam-se a apresentar um orçamento por ano. Nós apresentamos dois ou três. Temos paixão por aquilo que fazemos.

 

JS: O secretário de Estado Bruno Maçães esteve há dias na Grécia e surpreendeu por ter defendido a posição da Alemanha, e não os interesses de Portugal e outros países em dificuldades. Os jornais gregos chamaram-lhe mesmo "o alemão". Qual é o seu comentário?

 

PPC: Já tive oportunidade de falar com o sr. secretário de Estado, que me disse: "Es ist eine Verleumdung, ich würde so etwas nie tun."

(...)

publicado às 13:17

 

 

 

 

 

publicado às 12:42


Muito bom!

por beatriz j a, em 31.12.12

 

 

 

 

O humor, quando é de qualidade, não ofende nem humilha. Brinca, caricatura, realça os defeitos mas não humilha. São os humoristas de baixo nível que vivem de explorar a humilhação eo sofrimento das pessoas. Os bons humoristas são como os antigos bobos das cortes: apontam a realidade e transformam. Um humorista faz parte do conjunto dos seres humanos e não pode pretender estar fora da humanidade e não ter, nas suas piadas, um ponto de vista, público, sobre os temas sobre os quais faz piadas.

 

 

 

publicado às 12:16


Kamasutra da leitura

por beatriz j a, em 23.04.12

 

 

 

 

do FB

 

 

 

publicado às 17:52


Tropecei nisto... LOL

por beatriz j a, em 27.07.11

 

 

 

Quick Management Potential Quiz

 

The following short quiz consists of 4 questions and tells whether you are qualified to be a "manager." The questions are not that difficult.

 

 

 

    1. How do you put a giraffe into a refrigerator?
      The correct answer is: Open the refrigerator, put in the giraffe and close the door.
      This question tests whether you tend to do simple things in an overly complicated way.



    1. How do you put an elephant into a refrigerator?
      Wrong Answer : Open the refrigerator, put in the elephant and close the refrigerator.
      Correct Answer : Open the refrigerator, take out the giraffe, put in the elephant and close the door.
      This tests your ability to think through the repercussions of your actions.



    1. The Lion King is hosting an animal conference, all the animals attend except one. Which animal does not attend?
      Correct Answer: The Elephant. The Elephant is in the refrigerator.
      This tests your memory. OK, even if you did not answer the first three questions correctly, you still have one more chance to show your abilities.



  1. There is a river you must cross. But it is inhabited by crocodiles. How do you manage it?
    Correct Answer: You swim across. All the Crocodiles are attending the Animal Meeting!
    This tests whether you learn quickly from your mistakes.

 

According to Andersen Consulting World wide, around 90% of the professionals they tested got all questions wrong. But many pre-schoolers got several correct answers. Andersen Consulting says this conclusively disproves the theory that most management consultants have the brains of a four-year old.

 


publicado às 05:27


não deite fora o seu PC

por beatriz j a, em 27.07.11

 

 

 

recicle-o...

 

 

 

 

 

publicado às 05:21


very funny

por beatriz j a, em 03.01.10

  

 

 

 

publicado às 09:40


Ambrose Bierce - devil's dictionary

por beatriz j a, em 05.09.09

 

 

 

 

Absurdo - afirmação ou crença manifestamente inconsistente com a nossa opinião.

 

Admiração - reconhecimento educado da semelhança de outra pessoa connosco próprios.

 

Cérebro - apparatus com o qual pensamos que pensamos.

 

Má sorte - a espécie de sorte que nunca falha.

 

Reflexão - acção da mente através da qual alcançamos uma visão clara da nossa relação com as coisas de ontem e evitamos os perigos que não voltaremos a encontrar.

 

Reconsiderar - procurar justificação para uma decisão já tomada.

 

Litigante - pessoa preparada para dar a pele na esperança de ficar com os ossos.

 

Corsário - político dos mares.

 

Rezar - pedir que as leis do universo sejam anuladas em nome de um peticionário sem mérito.

 

Religião - uma filha da Esperança e do Medo explicando à Ignorância a natureza do Inconhecível.

 

Moda - déspota a quem o sábio ridiculariza e obedece.

 

Futuro - período de tempo no qual os nossos negócios prosperam, os nossos amigos são verdadeiros e a nossa felicidade está assegurada.

 

Amor - insanidade temporária curável pelo casamento ou pelo afastamento do paciente das influências sob as quais ocorreu a disfunção. Doença que prevalece apenas entre as raças civilizadas que vivem em condições artificiais.

 

Paciência - uma forma menor de desespero mascarada de virtude.

 

Paz - nas relações internacionais, um período de batotas entre dois períodos de guerra.

 

Filosofia - um caminho com muitas estradas que nos levam de lado nenhum a nada.

 

Política - a gestão dos negócios públicos para benefícios privados.

 

Realidade - o sonho de um filósofo louco.

 

 

 

 

 

publicado às 21:24


no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics