Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

 

O melhor livro de viagem

 

Pathfinders Of The American West, The Journals of Lewis & Clarck




"The work we are now doing is, I trust, done for posterity, in such a way that they need not repeat it… We shall delineate with correctness the great arteries of this great country; those who come after us will… fill up the canvas we begin." (Thomas Jefferson)


 

Estamos no início do século XIX, os EUA compraram o Louisiana e o Presidente Jefferson quer mapear o território de costa a costa, quer saber se há uma passagem navegável que ligue o Atlântico ao Pacífico, quer iniciar relações comerciais com os índios, quer saber da fauna e da flora do território.

Lewis e Clark foram os exploradores desta viagem encomendada pelo Presidente e pelo Senado americano com instruções muito pormenorizadas. Eles foram antropólogos, geógrafos, botânicos, diplomatas, comerciantes e caçadores. Foram dois anos de aventuras e peripécias extraordinárias numa luta para vencer as adversidades do terreno, das tribos índias e num permanente estado de admiração pela grandiosidade e beleza das paisagens.

Conhecemos a viagem em pormenor porque eles escreveram um diário onde iam anotando tudo o que viam e acontecia bem como acrescentavam desenhos da fauna, das paisagens, etc. Sabemos até tudo o que compraram para a viagem, desde a quantidade de tabaco ao número de ceroulas.

O livro é extraordinário. A descrição das grandes quedas de água de Celilo começa dias antes de as verem porque o ruído ouve-se a quilómetros de distância e sentimos a excitação da antecipação. A visão das grandes planícies pejadas de animais, das Montanhas Rochosas e de muitos outros sítios nunca antes vistos a não ser pelos índios é excitante, para eles, que as exploraram e, para nós, que os acompanhamos na viagem uns séculos depois.



publicado às 22:30


no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics