Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Planos - o terceiro período é pequeno

por beatriz j a, em 19.04.19

 

Todos os anos digo aos alunos que têm que ter um plano de estudo. Resulta mesmo, não só quanto à capacidade de estar sempre em cima das matérias que têm que estudar e de progredir nas notas mas também no benefício de ficarem com tempo livre para o resto das actividades de lazer pois a vida não é só estudar. Mesmo os alunos que chegam ao 10º ano muito mal preparados conseguem recuperar se tiverem um bom plano de estudo e o seguirem. Explico-lhes como se faz e como se adapta às necessidades de cada um. Também explico aos pais da minha DT. É certo que muitos alunos não o seguem e os pais não se importam mas isso já não é comigo...

 

Seja como for, às vezes, porque já dou aulas há muito anos, porque tenho planos de trabalho mentais interiorizados e sei que consigo trabalhar 10 ou 12 horas de seguida quando é preciso para classificar testes e trabalhos, esqueço-me que também eu tenho benefícios em fazer um plano rigoroso. Este ano, no entanto, com os tratamentos frequentes e o cansaço que daí resulta, sei que não consigo trabalhar 10 ou 12 horas de enfiada a classificar testes... quer dizer, conseguir consigo mas sei que é um trabalho mal feito, a sacrificar a objectividade, de modo que tenho feito um plano pormenorizado do trabalho em cada período.

 

Mais ainda porque comecei o 1º período a dar a matéria do 10º ano que ficou por dar no ano passado quando adoeci e só aí gastei um mês e meio, de Setembro até fim de Outubro. Depois, este período é muito pequeno -um mês e meio- e tenho que ter tudo bem programado, inclusivé, os momentos de classificar testes, para não deixar acumular trabalho e ter que ver tudo a correr. E, mesmo sendo o 3º período muito pequeno, não queria ter apenas um elemento de avaliação. Por essa razão, desde ontem que estou nisto de planear o 3º período ao pormenor.

 

Resolvi acabar o 11º ano com o tema do sentido da existência, a fechar o 'curso de filosofia' que começou no 10º ano, apesar de não ser, eu mesma, uma existencialista, no geral. Mas sei que é um tema que os alunos gostam porque estão mesmo na idade em que todas as questões do sentido, do vazio, da orientação, da liberdade, da angústia, das escolhas e das responsabilidades, da incerteza e do medo e do projecto de vida, ressoam fundo na vivência deles e dá para pensar e induzir à introspecção e à consciência. É um tema óptimo para fechar, com proveito e sentido, os dois anos de filosofia.

 

Só que não gosto da maneira como os manuais tratam o tema - os poucos que o tratam- e quero mudar o que costumo fazer com o tema -não tudo porque há estratégias que sei que resultam sempre positivamente, mas quero introduzir outras perspectivas. O problema é que tenho pouca coisa em português e tenho que estar a traduzir textos. Mas é fun :) uma pessoa vai descobrindo coisas que já não via/lia há uma data de tempo.

Isto está a ficar um  bocadinho um caos mas é um caos que há-de transformar-se num cosmos 🙂

 

IMG_2803.jpeg

 

* esqueci-me de lanchar :))

 

publicado às 18:00

 

 

... que é minúsculo. Tenho que chegar à escola com tudo preparado: no 10º ano já não falta muita matéria - é o John Ralws e depois a estética. Cada coisa vai ter que ter a sua avaliação e hão-de ser de natureza muito diferente. Não vou ter tempo de fazer uma visita de estudo a um museu. No 11º ano falta imensa matéria... toda a parte do método e dos problemas da ciência, mais o Popper e o Kuhn e ainda queria falar no cientismo. Depois queria fazer uma conclusão do curso de dois anos, talvez com o existencialismo. Vai ser tanto trabalho, mas tanto, tanto, que até tenho pena dos miúdos... [mentira, não tenho pena nenhuma  lol]  No 12º ano falta toda a parte das relações precoces, dos processos de influência social... o capítulo é enorme e queria acabar a Psicologia com o Bronfenbrenner. Vou ter que inventar uma avaliação diferente e original porque já não há tempo para fazer trabalhos com apresentação oral e não quero fazer um teste tradicional.

Enfim, é muita coisa porque tenho que produzir muita ficha formativa e coisas de avaliação e ter as aulas todas contadas.

É por isso que hoje devia começar a trabalhar nisto tudo mas... não apetece [é verdade que tenho andado a pensar e já tenho as coisas mais ou menos definidas na minha cabeça, só falta mesmo materializá-las], de modo que vou ler as palestras do John Rawls que sempre estou a adiantar serviço :))

 

 

publicado às 16:29

 

 

...e vejo pacotes de testes e trabalhos à espera de mim...

 

 

omg.jpg

 

publicado às 17:15


no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics