Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Resposta ao Pacheco Pereira

por beatriz j a, em 18.05.19

 

Ao contrário do que pensa, sem dúvida por desconhecimento, há professores muito bons nas escolas que lêem, informam-se, formam-se e constantemente se actualizam. Não conheço nenhum professor embasbacado com as novas tecnologias. Os professores usam-nas onde são úteis e pedagógicas. 

É certo que há maus professores e alguns muito ignorantes. Somos 120 mil, há de tudo... como em outras profissões... ou em todas as outras profissões as pessoas são muito cultas? 

 

Pense um bocadinho. Entre os professores, uns são licenciados, outros são mestres e alguns têm doutoramento. Fazemos constantemente formações e pós-graduações. Somos uma classe profissional com mais formação académica que os políticos e muitas outras profissões. Onde foi buscar a ideia que os professores, em geral, são ignorantes e não lêem?

 

Há professores escritores, poetas, artistas que expõem regularmente, músicos, cenografistas, historiadores, construtores de robótica, etc. Não são conhecidos a nível nacional por que não escrevem em jornais, não têm blogs, nem se interessam em projectar-se em plataformas. São conhecidos a nível local, distrital e produzem trabalho de qualidade.

 

Não sei que raio de ideia é que faz de nós professores para dizer essas coisas mas sei onde a foi buscar: à incompetente maldosa da Lurdes Rodrigues, ao incompetente falso do Crato e às campanhas nojentas do obtuso do Costacenteno (nem falo neste ministro da educação porque é inexistente).

E dizer que temos a culpa de sermos o alvo das campanhas dos políticos para ganhar votos, não é o mesmo que dizer que as mulheres têm a culpa de ser violadas porque se põem a jeito? 

Até mesmo quando escrevem um artigo a defender os professores mostram os seus preconceitos... as campanhas têm mesmo resultado o que mostra a falta de visão no futuro dos nossos políticos. Talvez esses é que necessitem de uma avaliação rigorosa e de ler mais do que as folhas das sondagens, não?

 

A hostilidade aos professores

IMG_2840.jpeg

IMG_2841.jpeg

 

publicado às 21:44



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics