Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Os fogos da ganância

por beatriz j a, em 12.08.18

 

 

Sabe porque é que isto ardeu? Foi a ganância e apenas a ganância. Foi isso que deu cabo da nossa serra."

 

"Tenho um terreno de eucalipto, já estava plantado quando cheguei. Deram-me 7500 euros por ele e eu, sim senhor, levem. Queria plantar medronheiros, mas a pressão é muito grande." Ele explica: os madeireiros andam atrás dele a dizer que lhe põem as sementes, tratam das árvores, fazem os cortes e vendem os troncos. Ele não precisa de ter qualquer trabalho, é esperar sentado e receber capital a cada dez anos. "É preciso muita força de vontade para fazer outra coisa. Ainda mais que a população aqui é envelhecida, ou então mora longe. O que é que esta gente há de fazer?"

 

Em junho, a Navigator anunciou um programa especial para os proprietários dos terrenos em Monchique. Pagava 500 euros por hectare para replantar de forma eficiente os terrenos que não atingiam a melhor produtividade. "Esses fundos já quase se esgotaram", diz Emílio Vidigal, "mas contamos que na próxima semana a empresa de celuloses estabeleça um programa de apoios para continuarmos a produção."

 

Passaram 15 anos desde um fogo que deu cabo de tudo e agora veio outro, que o povo diz ter sido ateado pela ganância. O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, diz que esta é uma oportunidade única para inverter os erros do passado. Fala de uma série de projetos com árvores autóctones, diz que o sobro e o medronho são futuro para o seu concelho.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:27



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog