Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Ao contrário do que dizem por aí parece-me que não seria um mal menor para a UE e que o risco de, a médio prazo se desmoronar parcialmente [o que é igual a os países do Norte perderem o valor e poder que agora têm], seria bem real. 

 

Para nós, a única coisa que não interessa é a Grécia ficar de espinha quebrada perante a Alemanha porque isso torna os PIGS mais PIGS ainda do que são. 

 

Se a Grécia ficar na UE com um acordo em que ambas as partes cedam mas sem que o Eurocamartelo obrigue a Grécia a prostrar-se na miséria pedindo ela própria o chicote da troika, o que seria, penso, a única solução positiva, é bom para nós porque teríamos mais confiança em que a UE, num futuro qualquer cinzento não nos faça o que está a tentar fazer à Grécia.  [à questão, 'Para onde foi o dinheiro emprestado à Grécia ¿ a resposta é: a grande maioria para os credores e o resto para os corruptos dos quais a Alemanha fez questão de dizer que queria que os gregos elegessem para com eles continuar a negociar...']

 

E sim, é verdade que beggars can't be choosers e que a Grécia está na posição de pedinte mas a UE já não é apenas uma união de interesses económicos, é uma união política. É que a Alemanha e o Norte comportam-se como se fizessem um grande favor aos outros países por tê-los na União de tal modo que estes devem aceitar as suas ordens e interesses como se fossem os de todos... quando a verdade é que obrigaram os gregos a encolher a sua economia e a empobrecer enquanto lhes emprestavam dinheiro para comer juros, comer os negócios que eram tradicionalmente deles (como fizeram connosco a quem pagaram para não produzir) e deixá-los na posição de pedintes e fornecedores de mão de obra barata.

É bom não esquecer que a união tem como objectivo principal a paz no espaço europeu.

 

Se a Grécia sair da UE também é bom para nós, apesar de inicialmente perdermos algum dinheiro.

Talvez que com os líderes que os gregos agora têm (não corruptos e sem medo de grandes lobistas corporativos subornadores), possam pôr as contas em dia muito mais depressa que no contexto da UE: podem negociar com o FMI e a UE mas já sem terem que aceitar ordens políticas de desmantelamento geral da economia. Iam ter com os chineses, os russos e os turcos [e outros]. Voltavam ao dracma que valeria quase nada o que seria bom para a exportação, turismo e, enfim, para a economia. Punham o turismo, as indústrias mercantes e outras a funcionar e em uns 5 ou 10 anos estavam back in business... porque o que lhes querem propôr é uma escravidão muito maior que é lutar e passar dificuldades mais umas dezenas de anos sem perspectivas de paridade, sempre como inferiores pedintes... [os credores aumentavam os juros? Eles estão com os juros a 20%!!! ].

 

Isto seria um grande precedente de como lidar com as políticas imperialistas alemãs e nórdicas que os poria num lugar muito mais cauteloso que aquele em que estão agora e que é de uma arrogância muito nefasta e perigosa para todo o projecto europeu... o que seria bom para nós...

 

O único cenário mau para nós é a Alemanha (juntamente com os seus parceiros interesseiros) conseguir quebrar a espinha aos gregos. Os países do Sul agem amedrontados com os do Norte e é a economia que paga essa falta de coragem política na mesa das negociações: que raio de benefícios é que isso lhes poderá alguma vez trazer???

 

Mas quem é que honestamente pode ainda defender que estas políticas de austeridade radical que levaram ao desemprego em massa, à miséria, à fuga de jovens que tanta falta fazem, estão bem e são a solução para os países do Sul alcançarem autonomia económica e política?? 

Como é que se pode dizer, como disseram há uns dias os do Eurocamartelo que Portugal está no bom caminho mas precisa de continuar as reformas, isto é, despedir mais pessoas, cortar salários e baixar o salário mínimo!!??

Quem ouve estas coisas e engole e cala merece tudo o que lhe acontece.

 

 

publicado às 17:45


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics