Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Isto chateia mas ninguém quer saber

por beatriz j a, em 30.03.17

 

 

Levo sempre uma fruta ou iogurte para a escola para comer a meio da manhã. Hoje esqueci-me de levar (porque uma pessoa anda com tanto trabalho que já não anda a bater bem) e como tomei o pequeno almoço cedíssimo, antes das seis da manhã, estive a trabalhar até às 13.30h, à fome, o que me custou bastante na última aula por estar em fraqueza. É que não posso comer açúcar e na escola só há pão (com queijo ou fiambre), bolos, fritos, bolachas e chocolates. Na última aula da manhã disse que à turma que estava cheia de fome. Uma aluna disse-me que às vezes chega atrasada porque não pode comer açúcar e tem que fazer uma merenda para trazer antes de sair de casa com uma panqueca e uma banana (o que às vezes a faz perder o autocarro porque ela vem de longe) pois caso contrário fica toda a manhã sem comer porque não há nada que possa comer na escola a não ser pão, bolos, chocolates, fritos e porcarias de máquina. Já desisti de ir ao bar. De cada vez que lá ia perguntava por fruta ou iogurtes (respondiam sempre que isso é no mês a seguir e que não trazem porque não se vende bem) e dizia-lhes que acho um escândalo não perceberem que estão numa escola e que têm que ser pedagógicos, até a vender comida. Ficam chateados de ouvir isto e, de qualquer modo, não há lá nada que possa comer... olha, se é para beber cafés vou à máquina que ao menos não me chateio...

 

 

publicado às 17:22


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics