Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Hoje era para ter ido ver o Viriato, às 13.45h. Na bilheteira avisaram-se que a hora do filme que enviaram para os jornais e que aparece na brochura está enganada. É às 11.30h da noite... um filme para 12 anos, só com uma sessão, quase à meia-noite. Isto faz sentido para alguém?

Enfim, vou ter que ir vê-lo a outro cinema. Acabei por ir ver o Joker.

 

O Joker é um filme parecido com o que eram os livros de quadradinhos quando os comprávamos, em miúdas: Gotham City é uma cidade suja, pobre, cheia de crime e de esquecidos da vida, com os governantes a quererem aproveitar-se para enriquecer à conta dos excluídos. Esses livros tinham muito de crítica social.

Como acontece estarmos numa época parecida com a época da era industrial antes da guerra, quando surgiam os reis desta e daquela indústria que exploravam trabalhadores para acumular grandes riquezas, o filme faz uma crítica social contemporânea.

 

Mostra o desinteresse de quem tem muito poder e dinheiro pela condição dos outros, a falência dos serviços públicos, o desespero de quem deles depende, juntamente com a decadência humana, a normalidade da violência doméstica e dos abusos de menores, as doenças mentais que estão ligadas à pobreza e o ressentimento da invisibilidade dos tais excluídos, pessoas solitárias sem contactos humanos positivos a viver em cidades duras, impiedosas, são vulcões à beira de explodir.

 

A cidade está filmada como um lugar de conflito, violência e loucura. Prisões de cimento intransponíveis. E o actor que faz de Joker é extraordinário. É preciso ter um lado muito negro e ser bem consciente dele para dar vida a este personagem. Conseguimos entrar um bocadinho na mente duma pessoa inteligente mas doente mental, que vive de fantasias a tentar encaixar-se num mundo que é tão doentio ou mais que ele. A maneira como os ruídos são intensificados, como cada pequeno contacto humano dá origem a fantasias e projecções descontroladas. A ausência de remorso e a energia que vem com o poder de deixar de sentir-se invisível e vítima. E a música a intensificar a violência.

Muito impressionante, o filme.

 

publicado às 18:24


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuela a 20.10.2019 às 23:43

Quando me disseste que ias ver o Viriato, pensei que o ias ver aí.....porque eu já sabia que só havia uma sessão na UCI a essa hora.....
Mas ainda bem que gostaste do Joker. Quero ver se, na 4feira, consigo ir ao cinema. Preciso de me distrair um pouco, depois desta constipação horrível!
Ainda não sei o que vou ver, logo se vê!
Imagem de perfil

De beatriz j a a 21.10.2019 às 05:16

o joker é um bocado violento se só queres distrair-te...
Sem imagem de perfil

De Manuela a 21.10.2019 às 12:18

Quando digo distrair, digo fazer algo diferente que não seja só assoar-me, tossir e dar aulas LOL

Comentar post



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics