Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





É preciso reflexão e sangue novo

por beatriz j a, em 11.11.15

 

 

Governo caiu de pé. Costa levantou a esquerda do chão

 

O PSD devia aproveitar para reflectir acerca do como chegou aqui ao ponto de ganhar as eleições e ser mandado embora do governo. Quando PPC, há quatro anos, disse, 'que se lixem as eleições' estava a dizer, 'que se lixe o povo'. Não se pode governar de costas para as pessoas porque as pessoas são a finalidade dos governos. Não se pode escolher matar as pessoas como método de cura. Meio milhão de portugueses com qualificações foram e, são ainda, forçadas a saír do país para terem uma vida possível. Isto é uma loucura...

 

É uma pena que vá para o governo um conjunto de pessoas que já lá esteve com o Sócrates, e que sabemos não têm respeito pela independência da Justiça e são displicentes com os dinheiros alheios mas a verdade é que as coisas não podiam continuar pelo mesmo caminho e foi o governo PSD/CDS quem forçou as pessoas a pôr o voto do outro lado do muro, com a sua insensibilidade aos problemas socias. Eu não duvido da convicção de PPC na política de austeridade extrema mas é por isso mesmo que lhe retiraram confiança absoluta para continuar a tomar conta dos destinos do país, por não ser capaz de temperar as medidas. Não fora essa cegueira aos problemas sociais e não teria havido nenhuma aliança dos partidos à esquerda, apesar da posição de corda no pescoço do Costa.

 

Tenho pena que não haja sangue novo no PS e que tenhamos agora que gramar com o caquético do Almeida Santos, o inútil do Ferro Rodrigues, o venal João Soares que defende que os políticos estão acima da lei e devem ser intocáveis mesmo em crimes de sangue (quem não se lembra dele a dar 500 milhões de contos mais a rua de S. Bento ao papá no ano que todos se quotizavam para as vítimas das cheias do Ribatejo que atiraram milhares para a rua sem nada?) e outros que tais. Mas o PSD, se quer continuar a ser um partido de referência no espaço social do país tem que regenerar as suas ideias, ir buscar sangue novo, gente que não tenha medo de fazer alianças na Europa para mudar este vector de miséria da austeridade ao serviço de interesses que não são os nossos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:18



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog