Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

 

... neste caso a desculpa do défice ter sido causado pela fraca adesão dos professores ao programa de rescisão.

 

Maria Luís travou rescisões dos professores

Mais de metade dos professores que quiseram rescindir viram rejeitado o seu pedido por falta de verbas. Os salários dos 2.264 professores, que ficaram, representam 80 milhões.

 

 

CHOCADO?
Com 30 anos de carreira aderi ao PRMA em fevereiro de 2014; até à aposentação teria pelo menos 12 anos de vencimentos a receber, que corresponderiam ao triplo do que me seria proposto como compensação pela rescisão... Ainda assim, quis e quero rescindir! Mas não me concederam a rescisão e o que sucedeu em setembro de 2014, quando o PRMA encerrou, foi que, pela primeira vez em 30 anos de carreira fiquei em horário zero e em fevereiro de 2015 colocaram-me na REQUALIFICAÇÃO! Isto sim, é que deveria chocar. QUERO RESCINDIR E COM ISSO O ESTADO PORTUGUÊS POUPARÁ MAIS DE 65% RELATIVAMENTE AO MONTANTE QUE ME TERIA QUE PAGAR EM VENCIMENTOS ATÉ À DATA DA APOSENTAÇÃO!

 

(vale a pena ler os comentários desta notícia porque tem lá muitos casos particulares de pedidos de rescisão rejeitados. Pelos vistos a mulher do Costa, nossa colega de profissão, foi um dos poucos casos não rejeitados)

 

 

publicado às 11:11



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics