Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Dia 30 de Junho, um tempo nublado mas quente, a água do mar quente e as praias desertas. Ao todo, cinco pessoas nas praias todas. A dos coelhos com campistas que passaram lá a noite.

As praias não são privadas mas é como se fossem porque o preço pra as frequentar é tão caro que o povo não tem dinheiro para frequentar as praias. Isto é uma Câmara comunista... elitista. O próximo passo será, calculo, deixar  os restaurantes falir -o que será já nesta temporada-, deitá-los abaixo e construir um hotel de cinco estrelas onde os hóspedes têm acesso às praias quase em exclusivo, ficando o resto por conta dos especiais que terão passe da Câmara para ir às praias. Dada a tradição do país, primos, tios e outros amigos da Câmara. 

Acho mal que se retire às pessoas um dos poucos prazeres que ainda lhes restavam aqui no país mas Portugal já não é um país para os portugueses, é um parque de diversões gigantesco para turistas.

Nós também dissémos adeus às caminhadas na Arrábida pelas praias porque não vamos pagar uma fortuna em estacionamento na Figueirinha, onde deixamos o carro para começar as caminhadas, de modo que vamos escolher outros caminhos que ainda sejam públicos e não pseudo-públicos. 

 

galapinhos - nem uma pessoa

IMG_2024.jpg

 

galápos - um nadador salvador a fazer o pino para se entreter

IMG_2025.jpg

 

figueirinha, lado esquerdo - é o que se vê, estavam cinco pessoas na praia

IMG_2026.jpg

 

figueirinha, lado direito - o que se vê

IMG_2027.jpg

 

publicado às 12:13


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics