Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





O Ventoinha, digo, o Venturinha

por beatriz j a, em 12.04.09

 

 

 

Alexandre Ventura - este senhor com ar obstipado é presidente do Conselho Científico para a Avaliação dos Professores (CCAP). Tem um doutoramento em Inspecção de Escolas  (LOL, faz lembrar qualquer coisa associada a lexívias).

  Já recebia da Ministra para fazer o seu papel de besunto sempre que necessário. De há uns dias para cá ainda recebe mais: 

Correio da Manhã - Educação: Despachos beneficiam presidente do conselho científico para avaliação de professores

Ministério paga regalias

O presidente do Conselho Científico para a Avaliação de Professores (CCAP), Alexandre Ventura, passa a usufruir de subsídio de residência de 941,25 euros mensais e a ter direito a usar viatura do Estado, de acordo com dois despachos publicados quinta-feira em Diário da República.

Estas regalias acrescem à remuneração de cerca de 3700 euros.

 

 

Portanto, já lhe pagavam as deslocações (hotel e refeições etc.) desde Novembro, mas isso não conta e vão passar a pagar muito mais, outra vez desde Novembro...

 

Claro que, depois de tão generosa manteigada ministerial (a ministra gosta especialmente, ao que parece, de pagar a certo tipo de pessoal - tipos que tiram fotocópias a preços caríssimos, inspectores ventoinhas venturinhas, etc. - professores é que nada, esses têm que andar mal para ela se sentir bem - enfim, uma pessoa sente-se à vontade entre iguais, não é verdade?) tinha que começar a justificar o toucinho.

Foi hoje, no Diário de Notícias, no cantinho especial dedicado a gastar o nosso dinheiro em propaganda a favor de sua excelência, grande paradigma do dom de Midas ao contrário:

 

Segundo Alexandre Ventura, "neste processo houve muita tendência para ouvir e ver o que os outros estavam a fazer e essas redes informais levaram as pessoas a articular as suas acções". Mas a tese do presidente do Conselho Científico não implica uma critica à actuação sindical, "que naturalmente apelaram à luta dos professores", até porque este foi um movimento muito assente na "proliferação de blogues, que juntamente com os outros actores criaram contra-informação, que acabou por influenciar os professores".

 

Ora aí está! Já começou a ganhar o dinheirinho! 

Ficamos a saber que os professores têm tendência para se informar ouvindo o que outros têm a dizer e o que estão a fazer - grave crime de lesa Rodrigues, esse de andar informado -, que há dois ou três blogues, ou meia dúzia, que têm um poder de mobilização que a Ministra, na sua superior incompetência, não só não é capaz de igualar, como até se gaba de exactamente do oposto, isto é, de ninguém a 'chupar além da bala' como diz o dito popular.

Que simpático, dizer estas coisas no Domingo de Páscoa. Que querido, o Ventoinha Venturinha.

Calculo que estas declarações, sejam a maneira do ventoinha Venturinha mostrar à patroa que é um aluno muito bem comportado, que come a sopa toda e, se for preciso, se a sopa for muito indigesta, e alguém vomitar até esta disposto a comer o vomitado. Parabéns!

  

.....................................................................................

 

Agora, sem nada que ver, só para uma pessoa levantar o ânimo  - hoje contaram-me uma anedota.

Parece que já é muito velha, mas eu não a sabia. É sobre um tipo ácerca do qual se gerou uma grande polémica sobre ter arranjado um diploma de curso embora lhe faltassem muitas cadeiras.

Então é assim: na verdade, parece que a esse tipo só faltam mesmo três cadeiras - uma cadeira de rodas, uma cadeira eléctrica e uma cadeira nos cornos.       eheheh

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:17



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics