Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





encenações

por beatriz j a, em 29.08.10

 

 

 

Estamos a dois dias de começar o ano lectivo e os tipos dos sindicatos já andam numa azáfama a ver se aparecem nos jornais, numa encenação bafienta a fazer o papel do costume para parecer que ainda são muito importantes. Os movimentos sindicalistas estão em decadência porque a própria democracia, na sua vertente de fomentadora da mobilidade social e da igualdade de oportunidades está em franca decadência. Neste momento a  prestação dos sindicatos é muito mais perniciosa que benéfica porque funciona como um dique que não deixa que as águas transbordem até incomodar. Na verdade, têm servido mais o poder que os trabalhadores. Ora, uma vez que o poder tem prestado péssimo serviço à educação, os sindicatos, na sua subserviência ao poder, têm prestado um péssimo serviço à educação: desmobilizam, confundem em manobras de diversão...

Só num cego já é que não reconhece os padrões da sua actuação:

1º acto, Setembro, queixas e ameaças ao ministério, graxa aos professores;

2º acto, fevereiro e março, reuniões com muitas conferências de imprensa de auto-elogio e sobrevalorização da sua actuação;

3º acto, Maio, Junho; assinatura de acordo(s) com consequente desmobilização dos professores e elogios à sensatez da tutela.

Julho e Agosto, intervalo para férias...

Há muito que deixei de ligar à antestreia. Os personagens e falas são sempre os mesmos. Já cansa.

publicado às 17:06


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics