Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





As gabarolices da ministra

por beatriz j a, em 03.04.09

 

 

 

 

Oposição critica Ministério da Educação

75% dos professores entregou objectivos individuais

Valter Lemos, secretário de Estado da Educação, garantiu esta quinta-feira, na Assembleia da República, que 75 por cento dos professores entregou os objectivos individuais indispensáveis ao processo de avaliação. Na interpelação ao Governo sobre a Escola Pública, a oposição não poupou criticas à ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, chamando à discussão as faltas dos alunos que estão a ser apagadas devido ao estatuto do aluno, a incoerência dos números divulgados sobre insegurança nas escolas e as falhas na lei no que diz respeito à obrigatoriedade de entrega dos objectivos individuais.


“A esmagadora maioria dos professores entregou os objectivos individuais. Mais de 75 por cento fizeram-no e os restantes são os que não tinham de entregar

 

 

Mais uma vez a Ministra da Educação foi ao parlamento acompanhada do besunto de serviço gabar-se de ter dividido os professores - depois de ter subornado uns com títulos e ameaçado outros durante meses a fio está satisfeita com o serviço de ter obrigado 75% dos professores a ser cúmplices da sua incompetência e tiques salazarentos.

Isto é o que mais confusão me faz: como é que pessoas em cargos de chefia se gabam continuamente de não saberem conjugar os esforços das pessoas com quem trabalham? Como é que se gabam, como se fosse coisa boa de não ser capaz de ganhar a lealdade e a colaboração das pessoas com quem trabalham? O normal, o desejável, aquilo que produziria bons resultados na educação era a ministra ter conseguido pôr os professores do seu lado. Ora, ela desde o início que se gaba de ir guerrear os professores, de ir pô-los a trabalhar uns contra os outros, a bufar uns dos outros e de incentivá-los a porem-se todos à bulha para ganhar títulos!! É inacreditável!!!

É evidente que os professores divididos e azedados uns com os outros vão fazer pior serviço. É evidente que a regra de ir buscar os titulares e os directores ao pessoal cujo mérito (que me perdoem as excepções que há) é saber «aproveitar as oportunidades», como diz Lemos, só vai fazer piorar o que já é mau e destruir o que ainda é bom.

Mas à ministra que lhe importa isso? Parece que já se promoveu com museu e tudo, já ajudou os amigos que tiram fotocópias a preços caríssimos - que lhe importa o resto?

Os que no País e nas escolas foram coniventes com ela, uns por interesse outros por ignorância, têm muito que explicar aos filhos e aos filhos dos filhos quando lhes perguntarem o que fizeram quando foi preciso lutar pela escola pública.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:22



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics