Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Isaltino com problemas graves de cabeça?

por beatriz j a, em 31.03.09

 

 

 

Jornal Público

Quarta sessão de julgamento do processo
Isaltino assegura que não declarou conta na Suíça por “inconsciência” 
30.03.2009 - 17h00 Lusa

O autarca Isaltino Morais admitiu hoje que foi de "forma inconsciente" que não declarou uma conta bancária da Suíça ao fisco e ao Tribunal Constitucional e sustentou que algumas testemunhas do processo foram "ameaçadas para mentir".

"Não tive consciência de que havia um problema fiscal, nunca me passou pela cabeça"

 

- Foi inconsciente que o autarca não declarou uma choruda conta bancária na Suiça - deixa ver se percebo: ele estaria a fazer a declaração de rendimentos quando, de repente, alguém lhe lhe deu com uma matraca na cabeça deixando-o inconsciente;

- Não lhe passou pela cabeça que isso originaria um problema fiscal - deixa ver se percebo: ou tem problemas mentais (já é o segundo problema relacionado com a cabeça que confessa) ou pensa que ser político é mandar os outros trabalhar e descontar impostos enquanto se vive, por conta.

 

Pois, neste País, aos políticos e seus satélites tudo se desculpa, e até não se coibem de se auto-declararem, publicamente, burros e incompetentes, para continuarem colados à cadeira do poder e safarem-se de prestar contas; para os outros, tudo serve para culpar e qualquer coisinha é pretexto para os esventrarem e atirarem as carcaças aos cães.

 

Qualquer dia alguém virá publicamente confessar que nunca tirou nenhum curso e que comprou o canudo às escondidas, se pensar que com isso se safa de outro ilícito maior. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:40



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics