Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Desabafos...

por beatriz j a, em 20.03.09

 

 

 

Gosto da palavra 'desabafo' - tirar o abafo, ficar mais exposto, mas também mais leve.

 

No fim de semana passado encontrei um colega que já não via há muito tempo, embora tivesse notícias dele de vez em quando, por conhecimentos comuns. Não só fomos colegas de escola como mais tarde ele foi meu orientador de estágio, no 2º ano da 'Profissionalização em Exercício' como se chamava então.

Assim que nos vimos, a primeira pergunta foi: então, és titular? Lol, hoje em dia é preciso saber com o que se conta e com quem se conta...  Adiante. Nem ele, nem eu, somos titulares. Ambos a leccionar há muitos anos - ele mais do que eu, porque é mais velho e porque eu estive três anos com uma licença sem vencimento fora do País - e a dar o litro nas respectivas escolas sem nunca esperar ou pedir louvores ou benefícios, muito antes pelo contrário.

Ele não é titular porque foi operado nos últimos dois anos e a penalização roubou-lhe os pontos necessários, eu porque o congelamento das carreiras me deixaram, com pontos, mas a faltar dois dias...lol.

Achei-o muito desmotivado e isso fez-me impressão porque ele era sempre uma pessoa muito positiva e sempre alegre e cheio de vitalidade. Disse-me que passou quase para o último lugar do grupo e que aqueles que antes lutavam pelos cargos para não ter que se chatear com as aulas e poder faltar sem faltas etc., agora eram os titulares e, como tal, já nem sequer precisavam dos cargos para fazer pouco, de modo que atiravam para cima de outros o trabalho todo.

Disse-me que estava à espera que passassem os anos que lhe faltam para poder pedir a reforma antecipada e assim que pudesse ia-se embora mesmo com uma penalização de 40%, acho.

Sendo uma pessoa muito activa e dinâmica e sempre com iniciativas fez o mesmo que eu, para não se deprimir com a visão de certas injustiças e aldrabices descaradas, que foi incrementar a sua vida extra-escola, «abrindo canais nas margens», como diz muito bem o meu amigo Luís Contumélias, pois é a única maneira de uma pessoa não ficar doente com o que vê e o que se passa.

É uma pena que este sistema que promove as Moreiras, os Pedrosas e as Rodrigues e as põe a avaliar as outras, deite outro tipo de pessoas para o lixo, por assim dizer.

Enquanto este ECD se mantiver nada nas escolas e na educação funcionará: dum cancro não se extrai a saúde.

 

Desabafos...

 

 

 

 

publicado às 13:25


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Luis Contumélias a 20.03.2009 às 17:26

E que melhor maneira existe de manipular um grupo senão dividi-lo?
Pô-los uns contra os outros!
Dar rebuçados a uns e só os papéis a outros.
Dividir para reinar.
Qualquer borra-botas fará isto.
Imagem de perfil

De beatriz j a a 20.03.2009 às 17:42

Tem razão. Mas funciona, infelizmente, funciona.
Sem imagem de perfil

De Luis Contumélias a 27.03.2009 às 17:16

Por omissão não referi que o sentimento não é unilateral.
Também encontrei uma amiga nas suas palavras.
Na sua maneira de se expressar, no pensamento!
Na poetisa que é.
Obrigado Beatriz. Não mudaremos o Mundo.
Mas morrerei acordado!
Imagem de perfil

De beatriz j a a 28.03.2009 às 08:33

Obrigada. Palavras muito simpáticas.

Comentar post



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics