Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





povo e 'povinho'

por beatriz j a, em 16.02.10

 

 

PS

Sócrates reúne-se com o grupo parlamentar

 

 

A mesma fonte acrescentou que as próximas semanas serão marcadas «por um regresso em força do secretário-geral do PS».

 

Os encontros têm como objectivo recolocar José Sócrates na posição de líder indiscutível. O artigo assinado hoje no DN por Mário Soares (ver página 51) e as declarações de António Vitorino ontem na RTP mostram o caminho que está a ser preparado pelo partido: o de apoio incondicional ao líder.

 

 

Esta gente perdeu a noção das coisas.  Apoio incondicional a um tipo que está a enterrar o partido e o país com ele? 

 As palavras «incondicional» e «indiscutível» aplicadas a um líder político, e sobretudo a um metido em tudo quanto é caso de grande corrupção estão na base da crise em que estamos metidos.

 

O Soares diz no artigo que líderes não se arranjam por aí na fábrica do Bordalo. Pois o Bordalo era aquele que denunciava os portugueses por serem um eterno 'povinho' e nunca um Povo. Espertalhões que vinham para a cidade e se endinheiravam mas que nunca perdiam o provincianismo donde tinham saído - aquela mentalidade subserviente da cunha, do pedido ao sr. Doutor, da pose ignorante a raiar o boçal que tão bem é apanhada pelo Zé Povinho do Bordalo.

 O Bordalo clamava um Povo -autónomo e educado-; o Mário Soares e outros como ele querem que os portugueses se mantenham eternamente um 'povinho', para facilmente os comerem?

 


publicado às 09:01


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics