Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Cheque-ensino

por beatriz j a, em 10.08.13

 

 

 

Tia/tio - tá laá? É do colégio Nossa Senhora dos Aflitinhos'

 

Colégio - é sim.

 

Tia/tio - olhe queridaá, passe-me já ao director, sim?

 

Colég. - não sei se ele pode atender.

 

Tia/tio - olhe meninaá, sabe quem está a falare?Não tenho tempo para pirosices, tá a vere?

 

Col. - vou passar. Pode atender.

 

Tia/tio - tá laá? é o senhor Santos? Daqui fala Tatão Kiká de Brito Cunhaá. Olhe, tou a ligare porque li mesmo agora que vão dar cheques aos burgessos e que passam a andar nos colégios e tou furiosa! Quer dizer, uma coisa é brincar aos pobrezinhos de vez em quando, tá a vere, mas outra é o colégio ser invadido por hordas de ciganagem. Eu e os meus amigos tiramos imediatamente os filhos daí, percebee? Nem pensar em deixar os meus piquenos andarem com essa gente hórrórósa. Não pagamos uma fortuna para eles se darem com ciganos, percebe? Pagamos para eles se darem com a filha do Azevedo Coutinho, do Teixeira de Sousa e Mello e outros assim. Deus me livre! Os meus filhos a namorarem gente sem eira nem beira? Onde chegámos? Temos que pôr os filhos a estudar noutro país?

 

Direct. - nem pensar! Mas é claro que não queremos essa gente aqui no colégio! Somos um colégio de boa reputação e só temos aqui boas famílias com ligações importantes. Já está tudo pensado. Vamos aceitar, um cigano, um pobrezinho, um gay negro e um aleijadinho. Mostramo-los nas festas e nas visitas oficiais. De resto, vamos angariar alunos de boas famílias cristãs mas que perderam muito com a crise. Esses, que de qualquer maneira andam nas escolas públicas injustamente porque pertencem a outra classe, outro ambiente. Que acha?

 

Tia/tio - acho ótimo! Claro que temos que ajudar um pobrezinho ou outro. Afinal, somos católicos e agora até há o Papa Chico que adora os pobrezinhos e fica bem levá-los às missas. Afinal, eu sempre apoiei a caridade e até dou roupas e isso aos pobres...

 

publicado às 23:44



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics