Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Um poema por dia - William Henley

por beatriz j a, em 28.05.19

 

Invictus

 

Out of the night that covers me,
      Black as the pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
      For my unconquerable soul.
 
In the fell clutch of circumstance
      I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
      My head is bloody, but unbowed.
 
Beyond this place of wrath and tears
      Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
      Finds and shall find me unafraid.
 
It matters not how strait the gate,
      How charged with punishments the scroll,
I am the master of my fate,
      I am the captain of my soul.

 

BY WILLIAM ERNEST HENLEY

 

publicado às 23:43

 

O 25 de Abril serviu para isto... 

 

Público não terá acesso a lista dos grandes devedores da banca

 

publicado às 22:54


Estranhei

por beatriz j a, em 28.05.19

 

Agora a caminho de casa passei por um pequenino acidente numa esquina de uma rua de Lisboa. Estranhei não ver lá o Marcelo a tirar fotografias abraçado aos condutores.

 

Tags:

publicado às 22:35


Leituras pela manhã - Against cheerfulness

por beatriz j a, em 28.05.19

 

The Ancient Greeks named four virtues: temperance, wisdom, courage and justice. Aristotle added more, but cheerfulness wasn’t one of them. The Greek philosophers didn’t seem to care about how we felt compared with how we acted. Aristotle said that we would ideally feel good while acting good, but he didn’t consider pleasure necessary for beautiful action. Acting virtuously meant steering clear of excess and deficiency. But in order to reach his ‘mean’, we need to jettison every action that misses the mark. Most of the time, the mean is incredibly tough to find, but if it came down to a choice between feeling good while acting badly or feeling badly while acting good, Aristotle said to choose good behaviour. He understood that feelings are hard to control, sometimes impossible, but he also knew that positive feelings like to hang around virtuous actions. While we’re waiting for the good feelings to show up, he asked us to get to work on temperance, wisdom, courage and justice. But he never said anything about smiling through it.

The Roman Stoics inched closer to prescribing cheerfulness when they decided that we should pay attention to our feelings. They believed that we could control our attitudes. But even they didn’t champion cheerfulness, despite the American translators who try to poison them with it. For example, Marcus Aurelius, in his Meditations, advised himself to be εὔνους, literally ‘good-minded’. This was translated into English as ‘good-natured’ by Francis Hutcheson and James Moore in 1742 in Scotland, and then as ‘benevolence’ by the British translator George Long in 1862, before returning to ‘good-natured’ in 1916 under the influence of another British translator, C R Haines. In 2003, Gregory Hays, from Indianapolis, translated εὔνους as ‘cheerfulness’. Maybe Hays was a boy scout. Or Christian. Or both.

publicado às 07:16


Como é que isto é possível...?

por beatriz j a, em 27.05.19

 

Uma torre catenária cair na linha...? Mas houve algum furacão ou terramoto na zona de Coina? Ou é só falta de interesse na manutenção? 

 

Queda de catenária interrompe circulação entre Fogueteiro e Coina

 

publicado às 19:50


Um poema por dia - Torga

por beatriz j a, em 27.05.19

 

Sísifo

Recomeça....
Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças...

 

Miguel Torga TORGA, M., Diário XIII.
 

publicado às 18:53


Perspectivas

por beatriz j a, em 27.05.19

 

directamente do FB Li Na  Street Photography

 

publicado às 07:36


Catarina Martins

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Já está em campanha eleitoral, com a demagogia de vento em popa... o voto na Marisa Matias foi na Marisa Matias e não no Bloco. Não sei se ela percebe isto.

 

publicado às 22:47


O Rui Rio não tem nada a ver com o PSD

por beatriz j a, em 26.05.19

 

... e é por isso que o PSD está sem pé. É porque o líder desvirtuou-lhe a identidade. Tradicionalmente o PS é que é um partido liderado por idosos, por gente que vem do tempo da ditadura e tem uma mentalidade vitoriana. O PSD, tradicionalmente, tem líderes mais jovens e é um partido com uma dinâmica de juventude que tem tido sempre essa capacidade de se rejuvenescer com os líderes. Ora, este Rio, é o oposto da identidade do partido. É natural que no partido ninguém se reconheça no homem. Ele em vez de galvanizar as pessoas afasta-as. 

Esta cena de ter deixado o Rangel sozinho a assumir a derrota é suicida... dá ideia que houve divergência de estratégia na campanha com o Rangel acerca de concentrar a campanha no ataque ao governo e por isso mandou-o assumir a derrota sozinho... é suicida... o homem não tem ponta por onde se lhe pegue e devia fingir-se de atacado por gota de modo radical e pedir substituição.

 

Tags:

publicado às 22:40


Evidências

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Como só votaram 25% dos eleitores, há 75% de votos desaproveitados para quem os conseguir apanhar...

 

publicado às 21:52


Já começou

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Marine Le Pen exige dissolução do Parlamento francês

Ainda antes dos resultados oficiais, Marine Le Pen apelou à dissolução da Assembleia Nacional após esta "vitória do povo" - há mesmo a correr nas redes sociais uma hashtag assim. "Perante o repúdio democrático que o poder sofreu esta noite, compete ao Presidente da República tirar as suas consequências. Não há outra hipótese, quanto a mim, que não seja dissolver a Assembleia Nacional e fazer um modo de escrutínio mais representativo da real opinião do país", afirmou a líder da extrema-direita, retomando velho cavalos de batalha seus.

 

publicado às 21:39


A Marisa Matias fez uma boa campanha

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Pela positiva, quer dizer, não teve votos por causa do estado comatoso do PSD como aconteceu com o PS. É mérito dela, mesmo. 

 

Toda a gente diz que o PS ganhou por o Costa ter tratado mal os professores. Uma vitória indigna e sem mérito nenhum positivo, portanto... tenho um amigo que diz que o Costa é uma erva daninha que mata tudo à passagem... não cria, destrói. É a especialidade dele.

 

publicado às 21:36

 

É o Pedro Silva Pereira, o Pedro Marques e outros que tais desaparecerem do país... vão lá para fora fazer nada mas ao menos não termos que os aturar aqui, a eles e às suas malfeitorias. 

 

Tags:

publicado às 21:21


Porque é que os portugueses não vão votar?

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Apesar de serem, como ainda agora ouvi em dois canais de TV, a favor da Europa? O que me parece é que os portugueses não são propriamente a favor da Europa, quer dizer, acho que os portugueses o que pensam é que fora da Europa Portugal não tem a menor hipótese e por isso querem e são a favor da União Europeia enquanto ela existir mas não acreditam nem um bocadinho que o nosso voto tenha alguma importância nos destinos da União Europeia porque sabem que quem manda nisto é a Alemanha. 

 

Tags:

publicado às 20:59

 

Acertei logo com o Centeno, apanhado no meio da rua: "o que os cidadãos esperam de nós é que tomemos decisões..." estas tiradas idiotas dele... o que é que isto quer dizer? Que toda a decisão é competente? Que basta decidir (mesmo que decida muito mal) para cumprir...? É esta mediocridade que governa as nossas finanças e a nossa vida. Os cidadãos não foram votar, estás a ver? Já não esperam nada de vocês nem de ninguém.

 

Na TVi há comentaristas a dizer banalidades parecidas às que o Presidente disse... que estão preocupados com a abstenção e tal... nenhum deles tem uma ideia acerca das causas e dos remédios para a doença... só sabem lamentar...

 

O Miguel Sousa Tavares advoga que se punam os jovens que não votem impedindo-os de participar nos programas Erasmus... portanto, acrescentaríamos ao desinteresse deles o distanciamento das realidades europeias... muito inteligente... 

Na SIC estavam umas pessoas interessantes a falar mas calaram-nas para aparecer aquele vaidoso sem interesse.

 

Enfim... agora seguem-se as declarações sem interesse nenhum dos mesmos partidos que não conseguem pôr os eleitores a interessarem-se por eles. A verdade é que o partido vencedor leva 30 e pouco% dos votos de apenas 25% dos portugueses, mais coisa menos coisa... ou seja, são 8% os portugueses que votam no PS. Nos outros partidos ainda são menos.

 

Ou seja, os partidos não representam os portugueses... apenas uma pequena franjinha que devem ser os militantes, os satélites e mais umas pessoas.

 

Quando se diz que Portugal escapa aos populismos, esquecem-se de dizer que não é por convicção mas por puro desinteresse.

 

publicado às 20:10


Um poema por dia - Ernst Dowson

por beatriz j a, em 26.05.19

 

They are not long

 

They are not long, the weeping and the laughter,
Love and desire and hate;
I think they have no portion in us after
We pass the gate.

They are not long, the days of wine and roses,
Out of a misty dream
Our path emerges for a while, then closes
Within a dream.

 

Ernst Dowson

 

publicado às 18:26


Diário de bordo

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Estou farta de fazer escolhas múltiplas, questões de resposta curta e extensa com orientações, versões, textos com espaços e sei lá mais o quê...  a semana que aí vem vai ser bárbara... fazer testes, fazer exames de vários códigos, classificar testes, preparar classificações de final de ano, trabalho de DT, preparar reuniões, ir a reuniões... e no meio disto tudo, tratamentos médicos... vai ser lindo.

 

publicado às 17:55


Wishing

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Andrew Wyeth - 1961.

 

Tags:

publicado às 12:33


Está votado

por beatriz j a, em 26.05.19

 

Para o PE ainda há em quem votar e ainda há na Europa pessoas e partidos com intenções positivas para além da mera ocupação de cargo com seus benefícios. Depois, há listas com tanta erva daninha, como a do PS, por exemplo, que tem lá o Silva Pereira, um dos maiores cúmplices e camaradas de Sócrates, que votar nelas seria sermos nós cúmplices dessa gente e das suas malfeitorias que ainda por cima nos têm a nós como alvo preferencial.

Para as legislativas é que vai ser muito complicado votar.

 

publicado às 10:23


Antes que chegue o Verão

por beatriz j a, em 25.05.19

 

... que depois já não apetece... o último cacau antes do Inverno...

 

IMG_2845.jpeg

IMG_2848.jpeg

 

Tags:

publicado às 22:45



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics