Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Pôr as coisas em perspectiva

por beatriz j a, em 29.12.15

 

 

 

Susannah Mushatt Jones nasceu em 1899. Ainda vive. O seu nascimento está mais perto da publicação da Crítica da Razão Pura de Kant, da Dialéctica de Hegel, das obras de Stuart Mill e do império napoleónico que do dia de hoje. Ela é do tempo do Nietzsche, do William James e do Wundt.

 

 

 imagem da abc

 

 

publicado às 17:37


Citação deste dia

por beatriz j a, em 29.12.15

 

 

“ A writer is a world trapped in a person. ”

Victor Hugo

publicado às 17:14


Mãos sujas de... fotocópias

por beatriz j a, em 29.12.15

 

 

 

 tropecei nisto

 

 

publicado às 17:05

 

 

 

 directamente do FB

 

publicado às 13:49


Da Rússia de Putin, não com amor

por beatriz j a, em 29.12.15

 

 

 

Vlad Kolesnikov era um rapaz russo de 18 anos que não concordava com a anexação da Crimeia e, invulgarmente nos dias que correm, não tinha medo de o dizer. Em Junho passado levou vestida para a escola uma t-shirt a dizer, 'devolvam a Crimeia' e pôs o hino da Ucrânia a tocar no telemóvel duranet uma visita obrigatória a uma instituição militar.

 

Uns dias depois foi atacado pelos colegas de escola. A polícia apareceu a questioná-lo e investigá-lo: diagnosticou-lhe uma 'perturbação de personalidade'. Foi informado que tinha sido expulso da escola, 'a seu pedido'.

 

O avô, com quem vivia, pô-lo fora de casa. Enviou-o para a pequena vila onde vive o pai e disse-lhe que se voltasse lhe torcia o pescoço. Deu uma entrevista à TV a renegar o neto, a chamar-lhe gordo e a ler passagens do seu diário. Vlad Kolesnikov tinha 17 anos.

 

A vida na vila do pai não trouxe consolo. Rumores da sua homossexualidade fizeram dele uma vítima de constante bullying dos colegas e até da polícia local.

Apesar de ter mais de 2000 seguidores no FB ninguém o ajudou. Nem os professores, nem um adulto qualquer. 

 

Vlad Kolesnikov suicidou-se. Foi visto pela última vez no dia 25 de Dezembro às 13.36 horas.A polícia está a tentar classificar a morte dele como envenenamento acidental.

 

Esta é a Rússia de Putin. É uma Rússia de exaltação de valores bélicos, machistas. Moldada à imagem da mentalidade do seu mentor, aquele que manda fazer calendários de Natal com fotografias de si mesmo acompanhadas de frases parolas medievais a exaltar o poder militar, o seu reino como protectorado do povo, a família tradicional e outros valores que transformam em alienígenas uma boa parte da sociedade não conforme a estas referências. 

 

O problema do Mundo é duplo: por um lado, somos governados por ignorantes, lunáticos narcisistas; por outro, como dizia o JLG naquele filme extraordinário chamado Socialisme, a sociedade é quas sempre construída pelos piores porque os melhores -os corajosos, os que não fingem não ver e não perceber, os que não compactuam e não fogem, os que são morais- são os primeiros a desaparecer.

 

 

publicado às 09:46


Waking up nicely

por beatriz j a, em 29.12.15

 

 

Guzheng é o nome deste instrumento tradicional chinês que remonta ao ano 450 a.C.

 

 

 

publicado às 08:58


Céu de Dezembro

por beatriz j a, em 29.12.15

 

 

 

 Serra da Arrábida por pedrombagulhio

 

 

publicado às 08:41


Há mais Rússia para além do Putin

por beatriz j a, em 28.12.15

 

 

 

 aguarela de Tatsiana Zayats

 

 

publicado às 22:03

 

 

Cá vamos em milhões de milhões e nada acontece...

 

Político conservador grego condenado a prisão perpétua por desvio de 17 milhões de euros

Um tribunal grego condenou o antigo presidente da Câmara de Salónica a uma pena de prisão perpétua, pelo crime de peculato. Vassilis Papageorgopoulos, que presidiu à segunda maior autarquia da Grécia entre 1999 e 2010, foi considerado culpado do desvio de 17 milhões de euros do erário público, sensivelmente metade do orçamento disponível para obras no município.

 

Além do autarca, foram também condenados à mesma pena o antigo secretário-geral do município, Mihalis Lemousias, e o tesoureiro, Panagiotis Saxonis, acusados dos crimes de falsificação e branqueamento de capitais. Dois directores financeiros municipais receberam penas de 10 e 15 anos, naquele que foi o primeiro grande caso de corrupção política desde o início da crise financeira na Grécia – 17 arguidos responderam pelo desvio de verbas do município num valor estimado de 52 milhões de euros.

 

 

publicado às 21:40

 

 

[pelo que dizem e fazem dá ideia que nunca leram coisa alguma...]

 

 

 

publicado às 21:20


Waking up nicely

por beatriz j a, em 28.12.15

 

 

 

 

 

publicado às 08:48

 

 

O conselho de administração do Banif recebia um milhão de euros por ano. Jorge Tomé, antigo presidente do banco, era o mais bem pago e recebia 13 mil euros por mês.

 

Se o salário máximo era de 13 mil euros mês e recebiam cada um um milhão por ano isso quer dizer que recebiam grandes prémios todos os anos. Congelar contas não chega... devolvam prémios, dinheiro, casas, yates, contas na Suiça e tudo o mais que tiverem... congelar 50 mil euros a quem ganha um milhão durante anos e anos a fio fora as acções e outras coisas que amealharam? Porque é que havemos de ser nós a pagar esta obscenidade de se premiarem pela sua incompetência? Ou estou a pagar aos investidores estrangeiros e outros que puseram o dinheiro na mão destes incompetentes e andaram a lucrar com especulações mas não querem assumir o risco que correram? Porque hei-de ser eu a pagar o investimento deles? Mas eu fiz algum investimento em bandidos banqueiros? 

É preciso que alguém nos explique isto. O país não pertence aos políticos e o nosso trabalho e o nosso dinheiro não são um saco colectivo onde qualquer um pode ir lá sacar o que lhe apetecer para agradar aos amigos do poder.

 

 

publicado às 14:13


A Terra é um único organismo vivo

por beatriz j a, em 27.12.15

 

 

O efeito da poluição no clima e em tudo o que este afecta..

 

 via NASA

 

 

publicado às 13:33


Excesso de materialismo leva ao funcionalismo

por beatriz j a, em 27.12.15

 

 

Time will come technology will surpass interaction.
-Albert Einstein.

 

 

 imagem da net

 

 

publicado às 09:57


Obrigada Coelho e Costa...

por beatriz j a, em 27.12.15

 

 

... por este presente de alívio da austeridade: uma conta de 3 mil milhões para começar bem o ano novo...

Já alguém percebeu que golpe foi o do Banif que nos vai comer 3 mil milhões, quem é que o deu, quem vai abifar-se a este dinheiro e quem foram os cúmplices? Eu gostava de saber. Até agora só sei dos incompetentes que mandaram nos fosse entregue a conta para pagar.

 

 

publicado às 09:32


Às vezes era preciso

por beatriz j a, em 27.12.15

 

 

 

 

publicado às 08:53


Varoufakis na despedida de 2015

por beatriz j a, em 26.12.15

 

 

Na despedida de 2015, Varoufakis não poupa nada nem ninguém

 

 

Dijsselbloem é uma “marioneta” do “ventríloquo” Schäuble. 

 

Eurogrupo é um sítio ótimo – se fores um psicopata.

 

Draghi é um economista brilhante, mas frustrado.

 

Gravações secretas? Eu era o único com sentido de ética no Eurogrupo.

 

Confiei cegamente em Tsipras. Fiz mal.

 

 

publicado às 21:33


Demagogia em directo na TVi

por beatriz j a, em 26.12.15

 

 

É o da nódoa a fazer acusações à direita e à esquerda, à frente e atrás... parece que para além dos slogans que dizem coisas de La Palisse também tem uma carta de princípios... ou a carta com os princípios será a lista dos slogans...? Muito mau, muito mau. Está a dizer que 'queremos um país onde se produz o Estado social' - que quer isto dizer? 

 

 “Be not too hasty to trust… the teachers of morality… they discourse like angels, but they live like men.”
Samuel Johnson, Rasselas

 

 

publicado às 21:05


Everything you need to know about opera

por beatriz j a, em 26.12.15

 

 

 

 via Classical Music Mode

 

 

publicado às 20:57


Poesia ao anoitecer

por beatriz j a, em 26.12.15

 

 

É Proibido


É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,
Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,
Esquecer seus olhos, seu sorriso,
só porque seus caminhos se desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,
Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,
Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,
Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.


PABLO NERUDA

 

 

publicado às 20:52



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics