Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Um bocado irritada

por beatriz j a, em 02.09.13

 

 

 

10 mil docentes sem emprego e escolas em risco de não começar o ano a tempo


Li que as rescisões na função pública vão deixar de fora as autarquias... need I say more? É claro que isto vai sobrar para os professores, como é costume.

Hoje cheguei à escola e dei de caras com um colega contratado que esteve lá no ano passado, no meu grupo; por um momento insano pensei que ele tinha ficado lá outra vez. Perguntei-lhe. Ele riu-se... da minha estupidez, acho. Respondeu que não, que os contratados estão à espera que saiam as listas agora em Setembro. Foi à escola buscar papéis, mas, por ora, está desempregado. Dá aulas já há muitos anos. 'Somos descartáveis', disse-me ele.

Eu é que tenho mau feitio, dizem-me colegas, mas queria ver alguém dizer que estava enganada quando me chateei com o resultado da greve de Junho. Tantos dias de greve, para quê? O que fizeram os sindicatos com todo esse esforço colectivo? Serviu para quê? Para ficar tudo na mesma: desemprego, desemprego, desemprego, mais horas de trabalho, menos salário, menos autonomia, menos tudo... Lindo serviço.



publicado às 16:42


foggy morning

por beatriz j a, em 02.09.13

 

 

 

 

(via ohsillymordecai)

 

 

publicado às 07:24


Crises, what crises?

por beatriz j a, em 02.09.13

 

 

 

Um artigo muito interessante sobre as causas da crise das orquestras nos EUA. Várias analogias com outras áreas vêm muito a propósito.

 

Orchestras in Crisis: Outreach is Ruining Them | New Republic

 

The League of American Orchestras has always been a bit of an embarrassment. It offers its members invaluable information, including details about wages and union contracts that let managers drive hard bargains. But when it comes to art, the League thinks at the level of an airline magazine.5 This year’s meeting felt like a Rotarian convention, and it ended with a group-therapy session. Look into the eyes of the person next to you, commanded the moderator, and repeat after me: “I have a dream for America’s orchestras. I am the future of America’s orchestras.” This was followed by a group of professional futurists who recommended innovations such as encouraging orchestra musicians “to tap their inner fashionista” while on stage. A Twitter session was run concurrently, in which participants struggled to express their hopes and dreams in a handful of words (“permanent end to musician-management conflict,” “professional musicians paid more than professional athletes,” “underfunded defense department pleads for funding”).

 

publicado às 07:11


the temptations - firefly

por beatriz j a, em 01.09.13

 

 

 

Não sei porque gostava tanto desta música, mas houve uma altura, quando tinha dezassete anos, que ouvia isto vinte vezes por dia...

 

 

 

Tags:

publicado às 23:49


Amanhã

por beatriz j a, em 01.09.13

 

 

 

 

Back to school... no país em que o primeiro ministro, com o seu exemplo, convida todos e qualquer um a abusarem do seu poder, por mais 'zinho' que seja...

Tags:

publicado às 22:47


quer dizer...

por beatriz j a, em 01.09.13

 

 

 

 

... será que o primeiro ministro defende um sistema que repouse no direito do mais forte, seja ele uma ditadura ou a lei da bala? E fala no desemprego? Invoca o desemprego para atacar a constituição que protege o emprego? Ele que queria suprimir a constituição para poder atirar para o desemprego mais uns muitos milhares de trabalhadores? E o primeiro ministro, ao falar assim, não percebe que está a dar a todos os que têm algum cargo de poder no país, por pequeno que seja, um argumento para não cumprir as leis e abusar dos trabalhadores?

Isto é duma irresponsabilidade e cobardia tremendas!

 

publicado às 21:25


Mas é mesmo verdade?

por beatriz j a, em 01.09.13

 

 

 

 

... que o primeiro ministro disse isto: "já alguém se lembrou de perguntar aos mais de 900 mil desempregados no país do que lhes valeu a Constituição até hoje?" É que isto é tão grave que me custa a crer...



publicado às 21:05


Post só para fanáticos de liivros

por beatriz j a, em 01.09.13

 

 

 

 

publicado às 15:00


Bom dia afirmativo

por beatriz j a, em 01.09.13

 

 

 

 

 

 

publicado às 08:55

Pág. 8/8



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics