Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Já só faltam três dias

por beatriz j a, em 02.06.11

 

 

 

Parece que o corninhos veio até Portugal apoiar o encantador de mulas. Tudo animais e todos do palheiro... eheh... bate certo...

 

publicado às 19:43


diário de bordo

por beatriz j a, em 02.06.11

 

 

 

Hoje: visita de estudo. Correu bem, mas é um stress fazer visitas com tantas turmas do 10º ano. Os meus portaram-se bem e fizeram o trabalho que tinham para fazer. Tinham que escolher uma obra e fazer um trabalho de apreciação estética. Andavam espalhados pelo museu, sentados no chão a trabalhar com o guião na mão. É uma experiência enriquecedora, os miúdos gostaram, alguns nunca tinham ido a um museu... mas é muito cansativo.

 

publicado às 19:25


junho impressionista

por beatriz j a, em 02.06.11

 

 

 

 

 

publicado às 03:52

 

 

 

A baterem num colega: é repulsivo, bestial mesmo. Os indivíduos comportam-se como uma matilha de dingos e deviam ter sido expulsos. Uma violência extrema fisíca e psicológica que se manteve durante meses. É assim que educamos: é uma educação tolerante com a violência, o abuso, a humilhação. Não fui capaz de ver aquilo. É revoltante. Uns cobardes que se juntam a bater num e a filmar como se tivessem orgulhos no que fazem. Animais nojentos.

 

publicado às 22:44


permanent insomnia

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

A insónia permanente é uma incapacidade de adormecimento, um excesso de lucidez. Uma tal incapacidade de adormecimento acarreta consigo um déficit na capacidade de sonhar. Não o sonho acordado, mas o sonho profundo, pulsional.

 

(não acredito nada no que disse, mas às vezes a falta de sono leva ao excesso de parvoíce... a sério, a sério, quem fazia esta metafora da insónia -de que sofro desde o dia exacto em que deixei de fumar- como lucidez metafísica era o Levinas, mas nunca gostei dela...mas apeteceu-me escrevê-la, porque me lembrei dela ao recordar-me dum sonho que tive ontem).

 

publicado às 22:16


Luz e sombra

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

 A iridescência da natureza percebe-se no contraste com a decadência. Sem a morte como perceberíamos o contraste da vida?

 

 

Jean Marie Barre

 

publicado às 21:51

 

 

 

Mas o Teixeira tinha alguma necessidade disto? (do 31 da Armada)

 

 

publicado às 21:09

 

 

 

Rei da Suécia nega envolvimento com prostitutas

O rei da Suécia, Carlos XVI Gustavo, negou as notícias que o têm associado a clubes de strip tease e ao mundo do crime organizado.

O desmentido surge quando têm vindo a público vários escândalos envolvendo a família real. De acordo com as sondagens a maioria dos suecos é favor que Gustavo, de 65 anos, no trono há 37, abdique a favor da filha, Vitória.

 

Acho que era o Descartes que dizia que a aprendizagem da História é contrária à aprendizagem moral, na medida em que ensina como heróis os piores exemplos morais. E, na realidade assim é. Ensinam-nos a admirar indivíduos que invadiram países, mataram e oprimiram povos inteiros com grande violência e por aí fora, só porque tiveram sucesso ou poder.

Isto acontece a todos os níveis. Por exemplo, esta semana ouvia uma pessoa na TV a dizer, sobre o Pinto da Costa, que era preciso reconhecer ser ele um grande dirigente porque o Porto ganhou quase todos os títulos que tem com ele. Que os tenha ganho, por suposição, com recurso a subornos, prostitutas, gente que dá sovas e ameça pessoas e etc., é coisa que não parece ser relevante nesta avaliação, quando a questão é exactamente essa: todo o sucesso é de mérito e invejável ou existe sucesso vergonhoso que devia ser considerado fracasso devido aos meios utilizados para o alcançar?

Quanto a mim nenhum sucesso impressiona que seja erigido sobre corrupção ou crime.

Passa-se em todo o lado este fenómeno. O rei da Suécia, esse país sempre citado pelas virtudes de liberalismo, democracia e igualdade social, está metido com strippers, prostitutas e crime organizado!? Toda a sociedade tem uma educação retorcida. Um rei mete-se nestas coisas para quê? Não lhe chega o poder e riqueza que tem?

Isto é que mina a educação dos povos. Exalta-se a não violência mas depois pratica-se a violência como atalho para o sucesso e veneram-se

as pessoas que o fazem! As mesmas pessoas que falam no mérito ganham os lugares de poder à custa de cunhas e trafulhices.

É triste ver que o sacrifício que gerações fizeram para criar riqueza, paz e qualidade de vida na Europa esteja em franco retrocesso por causa duma ideia de sucesso distorcida.

Desde que o mundo para lá da cortina de ferro se desfez todo o planeta se converteu ao capitalismo e ao sucesso a qualquer preço.

 

publicado às 20:22


beethoven - concerto nº 5, adagio

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

 

Music should strike fire from the heart of man, and bring tears form the eyes of woman.  Ludwig van Beethoven
  

publicado às 17:51


rios gelados

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

 

 

 

Sonho com os rios gelados do Norte

e a neve a cobrir de frio branco

o coração da má sorte.

 

Não se quebre o fino gelo

resguardo do vento que assola

com a força dum infindável Inverno.

 

bja

 

 

publicado às 17:28

 

 

 

Pinto da Costa e namorada recebidos pelo Papa

Vergonha é uma senhora que nunca lhe foi apresentada...

 


publicado às 14:30


les uns et les outres

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

Enquanto o Marinho e Pinto esbracejava na TVi pus-me a ver um documentário na 'SIC notícias' com o Gorvachov. A princípio nem o reconheci. Sentado numa sala quase nua com umas calças cinzentas e uma camisa aos quadrados parecia um reformado da província. Mas claro, assim que começa a falar é uma revelação. Um indivíduo duma inteligência, não só no sentido da sagacidade política mas também do ponto de vista da sabedoria. Alguém que reflecte e expande o saber e o olhar com a experiência de vida. Um indivíduo muito nobre também. Há poucas pessoas assim.

Confesso que me fascina o interior das pessoas muito mais que o exterior. Algumas pessoas que à primeira vista até não damos muito por elas quando começam a falar mostram uma riqueza, um universo duma profundidade, que o que mais dá prazer e agrada depois é ir explorando esse interior. Entrar nos recantos todos, investigar toda a construção interior. O que pensam, como pensam, como construiram os conhecimentos, como raciocinam... é fascinante e entusiasmante. Impossível uma pessoa não se encantar com alguém assim.

 

publicado às 13:54


os especialistas de tudo e mais alguma coisa

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

Há bocado liguei a TV e apanhei a TVi com o Marinho e Pinto aos gritos e a esbracejar a dizer que uma das raparigas que deu a sova à outra tinha sido lançada às feras, que era uma coitada e que ia ficar com danos psicológicos irreparáveis ou irreversíveis, já não sei ao certo. Ao lado dele, um psicólogo disse-lhe, 'olhe que não é verdade e o senhor está a ultrapassar as suas competências'. Mandou-o calar com um gesto e continuou aos gritos: 'eu ando nisto há muito tempo e percebo muito bem do assunto'...

As pessoas que andam pelos cargos de poder estão tão cheias de si que já acham que percebem de todos os assuntos e podem alvitrar opiniões especializadas sobre tudo.

Que homem tão... esbracejante.

 

publicado às 13:32


Contagem decrescente

por beatriz j a, em 01.06.11

 

 

 

Já só faltam quatro dias para a lapa largar a rocha. Espera-se... que volte lá para a terra e se dedique a fazer mais palheiros ou marquises ou algo do género.

 

publicado às 13:10


Tenderly

por beatriz j a, em 01.06.11

 

publicado às 06:42

Pág. 12/12



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics