Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Pequeníssimo diálogo carnavalesco

por beatriz j a, em 28.02.12

 

 

 

 

 

J.S - Estou? Desculpe ligar a esta hora pá, mas os canalhas não me largam.

 

L.A. - Ora essa, ligue sempre. O que posso fazer por si?

 

J.S. - É por causa daquele assunto que já falei com o o Toni. A carreira.

 

L.A. - O Toni Carreira? Não percebo. Vosselência também canta?

 

J.S. - Não! [porra que só me saem duques!] A minha carreira académica!

 

L.A. - Ahhh! Muito bem. Mas se me dá licença, já agora, vosselência podia não falar na sua carreira académica quando fala com os jornalistas.

 

J.S. - Ora essa! Então e porquê? Não me diga que não me vai facilitar aí a papelada. Olhe que eu sou amigo do meu amigo.

 

L.A. - Não é isso. É que carreira académica só tem quem seguiu a profissão de professor.

 

J.S. - Ó messa! Tem a certeza? Então como é que se chama ter um curso?

 

L.A. - Licenciatura.

 

J.S. - Ah pois é, eu sabia. Mas diga lá, que curso é que eu fiz, que já não me lembro.

 

L.A. - Engenharia de betão de marquises de prédios rústicos abandonados.

 

J.S. - Ai foi? Epá, isso parece uma coisa importante, com um nome desses... mas arranja-se aí papelada a dizer que fiz as cadeiras, não?

 

L.A. - Concerteza. Até já tomei a iniciativa de contratar uns camaradas amigos para dizerem que o viram. Um viu-o na casa de banho, o outro na secretaria ao pé do cofre.

 

J.S. - [...isso foi mesmo, ehehe] Porreiro, pá! Adoro-o, adoro-o! Mas olhe lá, podia pôr na lista das cadeiras uma assim importante com uma grande nota?

 

L.A. - Ora essa, não custa quase nada. O Toni passou este fim de semana a fazer o diploma. Está lindo, que ele tinha muito jeito para trabalhos manuais na escola. Pôs-lhe um dezassete na cadeira de resistência de materiais.

 

J. S. - Olhe pá, nisso até podia ter vinte... E o trabalho de curso? Um réptil qualquer anda a chatear-me com isso. Como é que se faz isso?

 

L.A. - Não se preocupe que arranjamos aí um projecto de marquise e é só meter-lhe o carimbo. Não se preocupe com nada que sei que anda apoquentado com esses répteis e chacais que não o largam.

 

J.S. - Ah, essa canalha! Como-lhes as papas na cabeça. Só me chateia é que estou a ficar feio com estas apoquentações. Mas então está combinado. Não esqueço este favor.

 

L.A. - Estamos cá para isso, que estudos nunca foram o meu forte, de qualquer maneira. Eu é mais metal...amarelo, de preferência. Vosselência não irá de vez em quando à casa da moeda lá ao sítio das barrinhas? Agora é o que está a dar.

 

J.S. - Eh, eh, ó tempo que isso está feito homem... e guardadinho onde ninguém lhe chega. Não se preocupe que havemos de sair bem disto. E sem carreira! eheh.

 

publicado às 22:05



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics