Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





a Arte segundo Said

por beatriz j a, em 20.08.11

 

 

 

uma das pontas do palácio Dolmabahce visto do Bósforo

 

 

O nosso guia turco em Istambul fez-nos uma palestra sobre a beleza ter a ver com a simetria enquanto esperavamos para entrar no palácio de Dolmabahce. Desenvolveu a teoria de que O Belo mais não é do que simetria e que por isso o Dolmabahce seria tão belo: porque foi cuidadosamente construído em absoluta simetria.

O palácio, construído à borda de água ao longo do Bósforo, está ao nível do palácio de Versalhes no fausto, no luxo e na grandiosidade e é uma mistura de arte barroca europeia e motivos árabes que resulta numa ostentação que fere o bom gosto. Acho. Estava eu a ouvi-lo naquele sotaque horrível com que os turcos falam o inglês (vi going do see the pelace...) e a tentar perceber metade do que ele dizia e a pensar para mim mesma: tanta discussão sobre o que é o Belo e aqui o Said despacha o assunto em três minutos.

Nesse aspecto as mesquitas são duma beleza muito pura, sem misturadas de estilo. Bem, a Hagiasofia tem uns remendos...para fazer esquecer que era catedral, embora nunca tenham tapado o Constantino, o Justiniano e a Santa Sofia com o menino. Mas tem uma tradição muçulmana que se vê em muitos ornamentos e histórias: por exemplo, tem uma coluna com um buraco de significado religioso. Diz a tradição que se pedirmos um desejo e pusermos lá o polegar e o rodarmos podemos senti-lo húmido, ou não. Se o sentirmos húmido é sinal de que o profeta se apiedou de nós -a humidade são as suas lágrimas- e por seu intermédio Alá concede-nos o desejo. Escusado será dizer que pus lá o polegar e com a minha sorte... nada.

 

publicado às 20:50


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Edicoespqp.blogs.sapo.pt statistics