Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Relatório deixa ministra em contagem decrescente

 

... para ainda não ter chegado ao fim... dizer que não há certeza da incompetência grosseira da ministra e dos serviços que tutela é o mesmo que os amigos do Sócrates -entre os quais os que entraram para a política com tostões e saíram de lá com milhões- dizerem que estão espantados com as acusações ou o Oliver Stone vir dizer que é preciso esperar pelo tribunal para ter a certeza que Harvey Weinstein é mesmo um porco nojento porque, sabe-se lá se as acusações destas mulheres todas não são mera coscuvilhice.

Que o primeiro ministro tenha escolhido a ministra pensando que era competente e se tenha enganado, compreende-se, agora que face a tanta morte e destruição que resultou do caos dos serviços que tutela, ainda esteja à espera que chovam rãs do céu para agir é o tipo de coisa que nos faz perder o respeito por ele porque fica evidente que, das duas uma, ou não vê a gravidade da situação, o que indica falta de senso ou vê e desconsidera por razões partidárias o que indica falta de estatura política e seriedade.

Quem é que, seriamente, quer depender desta ministra e dos seus serviços? Se amanhã houvesse um sismo muito grave outra catástrofe do género, ninguém se salvava porque os serviços de protecção civil agem como baratas tontas. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:47

 

"Não sei se alguém entrou em Tancos. No limite, pode não ter havido furto"

O ministro da Defesa, Azeredo Lopes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:45


Deixa cá ver se percebo isto

por beatriz j a, em 24.08.17

 

Autoridades portuguesas surpreendidas com presença militar espanhola

 

Militares portugueses chegaram ao local dos incêndios e depararam-se com militares espanhóis a andar por ali à vontade com veículos e armas próprias como se estivessem no seu país, o capitão português e o espanhol sem saber quem primeiro bate pala a quem e isto sem ninguém ter sido avisado? Portanto, podemos ser invadidos que nem damos por isso?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:06


"Paguem lá as indemnizações, sff."

por beatriz j a, em 18.08.17

 

Pedrógão. É preciso um sms a dizer "não me incomodem, deixa arder"?

João Pedro Henriques

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:07


Vale a pena ler este artigo

por beatriz j a, em 30.07.17

 

 

... para quem queira perceber como funcionam, em geral, os serviços públicos, aqui no rectângulo: a prioridade é empregar o gang - partidário, familiar e amical.

 

Responsável da comunicação demite-se em protesto contra bloqueio de informação e falhas e erros das Autoridade Nacional. Do comando nos teatros de operações às escolhas de estruturas - operacionais e administrativas - em plena época crítica. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:49


Nisto, o Costa não tem razão

por beatriz j a, em 24.07.17

 

 

... porque os números, neste caso, não são uma abstração. Não estamos a falar de subtrações em abstracto. Estamos a falar de pessoas e cada número corresponde a uma pessoa, uma identidade, uma vida que se perdeu. Como nenhuma vida é desprezável, todos os números/vidas têm que contar(-se).

 

António Costa afirma que "dimensão da tragédia de Pedrógão não se mede pela dimensão dos números"

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:53

 

Governo não se sente “humilhado” por Marcelo ter respondido a carta divulgada pelo Expresso

 

O que seria preciso para sentirem-se humilhados com tanta inépcia? O país ser invadido pelos espanhóis? sermos atacados com as armas roubadas em Tancos?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:22

 

 

Quinta rodeada de carvalhos e castanheiros escapou ao fogo

Os bombeiros "não estiveram no local" e as árvores que lá estão "há muitas décadas protegeram a quinta e sobreviveram por si", disse Liedewij Schievin, uma holandesa proprietária da quinta.

Liedewij Schieving ainda recupera do susto de sábado e domingo, quando o fogo atingiu Figueiró dos Vinhos. A viver há 10 anos em Portugal, aquela empresária holandesa nunca tinha passado por semelhante situação.

 

Carvalhos, castanheiros e sabugueiros pararam o fogo. Ao menos que se aprenda alguma coisa de útil desta tragédia.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:32


??? Explicações precisam-se

por beatriz j a, em 19.06.17

 

 
Presidente da CM de Pedrógão: "quando o incêndio começou não havia trovoada nenhuma." 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:29


Não percebo...

por beatriz j a, em 18.06.17

 

 

O director da Polícia Judiciária disse que encontrou uma árvore rachada e que isso foi a causa do fogo... O quê? Mas a Judiciária investiga incêndios florestais? E viu uma árvore? Uma? Então isto quer dizer que nem sequer temos especialistas em fogos florestais, se um indivíduo da polícia acha que ver uma árvore rachada explica tudo... isto é mais assustador do que pensava.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:23

g.a


3-8-12



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank