Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O lugar das estátuas

por beatriz j a, em 23.08.17

 

 

Desde a antiguidade clássica que as estátuas, erigidas em locais públicos, são lugares de memória que servem uma relação de identidade das pessoas à sua cidade ou à sua pátria, física, cultural, religiosa, etc. As estátuas veiculam valores: há estátuas de deuses, de chefes políticos, de guerreiros vencedores, de poetas, de artistas, de acontecimentos, etc.

 

O que as estátuas têm em comum é serem honoríficas, quer dizer, são pessoas cuja vida ou certas acções que fizeram, nos honram e, por isso mesmo, também as honramos e queremos que não sejam esquecidas e que os seus valores se mantenham através das gerações e fortaleçam a identidade do povo.

 

Em princípio, levantam-se estátuas aos melhores entre nós. Aos que são modelos positivos para os outros. É claro que nem sempre é assim. Há por aí estátuas de políticos que não valeram nada mas que conseguiram enfiar-se num pedestal... mas isso não interessa.

 

Sabemos que muitos dos que estão em estátuas em lugares de destaque foram pessoas com muitos defeitos: o Afonso de Albuquerque era impiedoso com os inimigos, o Marquês de Pombal foi crudelíssimo com os Távoras e muitos outros exemplos existem. No entanto, tanto um como o outro, citados, não tinham por fim ser cruéis ou impiedosos e, o bem que nos fizeram foi superior a esses defeitos de carácter.

 

Não é o caso de certas figuras históricas cujo objectivo das suas acções, embora tivesse agradado a muitos e tenha que ver-se no contexto do tempo, não pode ser tido como honroso, depósito de valores que queremos perpetuar e que fortaleçam a identidade de um povo. Nesse caso, o lugar dessas estátuas, não é o de destaque na praça pública mas no museu ou algo assim, onde podem ser vistas e compreendidas num contexto pedagógico.

 

É o caso, por exemplo, das estátuas de Robert E Lee que tanto têm dado que falar nos EUA. Robert E Lee lutou pelos Estados Confederados cujas declarações de secessão, sem excepção, afirmam explicitamente que estão a lutar com o objectivo de manter o sistema de escravatura. Não me parece um objectivo honroso cujo valor se queira perpetuar e que ajude ao fortelacimento da identidade dos americanos. Pelo contrário. Deve ser extremamente ofensivo para qualquer americano negro passar por uma estátua de Robert E Lee e, por exemplo, ter que explicar aos filhos que a pátria deles ainda honra e dá valor público a um guerreiro que lutou para os manter em situação de escravidão.

 

Um dos grandes erros da educação, parece-me, é ensinarem-se como modelos positivos ou heróis, indivíduos que foram grandes facínoras ou cujo objectivo de vida era a aniquilação, o assassínio, o totalitarismo, a subjugação, etc.

O mundo mudou, felizmente e, o que ontem se entendia normal, em muitas áreas, como os direitos dos animais, por exemplo, hoje já não aceitamos sequer que exista, quanto mais normalizado. E isto não é ser politicamente correcto. É evoluirmos para seres humanos mais decentes uns com os outros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:56

g.a


3-8-12



3 comentários

Sem imagem de perfil

De $uaive gomes a 24.08.2017 às 09:59

suaive zeca gomes
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.08.2017 às 10:10

Para que o post fique perfeito, por favor corrija a palavra "perpétuar".
Não leva acento.

Conteúdo sem mácula e bastante actual.
Imagem de perfil

De beatriz j a a 24.08.2017 às 10:17

Obrigada :)

Comentar post



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank