Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Educação - primeira nota

por beatriz j a, em 13.07.17

 

 

... antes que venha aí a prisão da classificação da segunda fase dos exames porque assim que entrar de férias vou tirar a escola da cabeça. 

 

'Metadiálogos' de Gregory Bateson é um dos meus livros preferidos e uso-me muito dele para certas aulas. São sete pequeninos diálogos entre um pai e uma filha, acerca de temas complexos, abordados de um modo extraordinariamente simples e elucidativo. Um dos que mais gosto é sobre o conceito de entropia e começa com a filha a perguntar ao pai, Papá, porque é que as coisas se desarrumam? (quem o quiser ler pode fazê-lo aqui).

 

Lembro-me sempre dele à conta das reformas da educação: é que na educação, é muito difícil construir e muito fácil destruir e, de há muitos anos para cá, de cada vez que se mexe, desarruma-se um pouco mais. Agora vem ai um grande desarrumo curricular. As escolas passam a definir 25% do currículo, no ensino básico, de certas disciplinas, a sua carga horária e até podem 'inventar' disciplinas. Isso seria muito bem não fosse o sistema directivo que está em vigor desde a Rodrigues. Um sistema indutor de vícios.

 

O que vai passar-se é o seguinte:

- as disciplinas com reforço vão ser aquelas que são objecto de avaliação externa e usadas como específicas para os cursos: Português, Matemática e História. 

- A disciplina de Educação Cívica vai ser o que foi no passado: um tempo morto e inútil (como já foi no passado) que os directores vão usar para dar horários a pessoas à sua escolha (como já foi no passado). Educação Cívica devia ser uma prática de todas as disciplinas e da escola enquanto organização, associadas a uma ética de trabalho da qual os alunos aprenderiam por modelagem social e uma prática diária da vida quotidiana escolar e não uma disciplina à parte.

- Os 25% do currículo bem como as disciplinas que pode introduzir-se vão servir para dar horas aos amigos do chefe em projectos sem utilidade para alunos ou, até, que os prejudicam, como agora acontece.

- Entretanto as disciplinas que ficam desfalcadas de 25% do tempo, vão cumprir programas como e quando? Todos que sabem como as coisas são feitas nas escolas, as 'ideias', as experiências e achismos que por lá grassam, a ausência de colaboração entre professores, os amigos e os outros, etc, só podem assutar-se com mais esta -quadragésima?- reforma educativa.

 

O problema de se arrumar a partir de um conhecimento meramente conceptual das estruturas está em assumir uma certa ordem que não é correcta e acabar por desarrumar o que estava arrumado sem nenhum ganho. Um pouco como os médicos de há uns séculos que assumiam, conceptualmente, que se passavam certas dinâmicas no corpo e sangravam as pessoas até à morte, com a melhor das intenções. É assim que na educação se vai destruindo irresponsavelmente, o que levou muito tempo a construir.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

g.a


3-8-12




no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank