Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





a ciência é a religião do presente

por beatriz j a, em 02.09.10

 

 

 

Física
Cientista britânico diz que não pode ter sido Deus a criar o Universo
Da mesma forma que o darwinismo já tinha, no passado, rejeitado a necessidade de um criador no campo da biologia, também o conhecido astrofísico britânico argumenta agora que as mais recentes teorias científicas rejeitam o papel de um criador do Universo. O Big Bang terá sido uma consequência inevitável das leis da física.

O cientista considera que a prova que sustenta o seu argumento é o facto de ter sido observado, em 1992, um planeta que girava em torno de uma estrela distinta do sol.

Hawking alega que essa observação comprova a possibilidade de existirem outros planetas e universos o que significa, em seu entender, que se a intenção de Deus era criar o Homem, os restantes universos seriam redundantes.

O conhecido biólogo ateu Richard Dawkins felicitou já o astrofísico britânico pelas conclusões, dizendo que a opinião de Hawking é partilhada por uma grande parte da comunidade científica.

 

 

Mas que raio de argumentos são estes? Desde quando um argumento acerca da existência de Deus retira a sua validade dum suposto conhecimento das intenções desse Deus? E desde quando a existência de um Deus está dependente da sua necessidade para preencher lacunas em teorias explicativas da ciência? E desde quando o Big Bang prova ou desprova a existência de um Deus se o Big Bang é uma teoria física sobre o princípio do devir no mundo que nada diz sobre a causa dos seres? É o que dizia Gadamer: a ciência a querer substituir-se à Filosofia ultrapassa o domínio da sua esfera de saber e aplica-lhe os princípios e métodos científicos como se toda a explicação da mecânica da realidade abrangesse a totalidade da realidade ou obrigasse toda a realidade a reduzir-se ao mecanicismo como a uma verdade.

O que se vê neste século e no anterior é a ciência a querer substituir a religião: os cientistas são os novos padres, os descodificadores da verdade do Universo, nas suas batas brancas à laia de paramentos pontíficos com os textos enigmáticos da matemática na mão, qual bíblias de que são os únicos decifradores. A tentarem, à maneira do clero, aliar-se ao poder para passarem a ser (ou já são) a religião do futuro!

E estes argumentos não-argumentos fazem títulos nos jornais, como se o homem tivesse provado que não há Deus! É por isso que cada vez há menos paciência para os jornais.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

g.a


3-8-12



2 comentários

Sem imagem de perfil

De maria cecilia a 12.09.2010 às 16:15

Só falácias!!!!!!
Nessa linha de argumentação, eu diria que o facto de haver um primeiro ministro do calibre do josé sócrates de sousa é prova inabalável da não existência de Deus.





mariacecilia
Imagem de perfil

De beatriz j a a 12.09.2010 às 16:39

LOL. Essa é uma verdade insofismável!

Comentar post



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank