Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





os filhos e os pais

por beatriz j a, em 23.08.10

 

 

 

Hoje fomos no barco até uma praia mais longe. Perto do sítio onde ficámos estava uma família grande - vários casais com as respectivas descendências. Os filhos, adolescentes, puseram-se a jogar às cartas com um palavreado de f....... para aqui e c........ para ali em cada frase que diziam. Como aquela hora já não estava ali muita gente e falavam altíssimo ouvia-se ao longe. Nem uma única vez os adultos, que fingiam não estar a ouvir nada mas que se via pelo ar apertadinho que estavam incomodados, chamaram a atenção dos rapazes apesar de andarem ali perto miúdos de outras famílias visivelmente incomodadas. Quando estes adolescentes andarem pelas escolas a falar daquela maneira, como vão responder aos professores que ralharem com eles, se os próprios pais agem como se fosse muito natural aquela maneira de falar em público.

Já outro dia num restaurante uma família que se sentou perto de nós com um puto com cerca de 4 anos que fazia um barulhão com um carro de brincar que usava como se fosse um martelo enquanto berrava de modo irritante, não disseram nem uma palavra ao miúdo no sentido de educar os seus instintos naturais e deixaram-no incomodar toda a gente. Quando este miúdo for para o primeiro ano incomodar toda a classe e a professora, como compreenderá que o seu comportamento não é aceitável se ele é plenamente aceite sem críticas pela sua família?

Com tanta conversa parva de pseudo-pedagogias que vomitam na televisão os pais demitem-se de educar os filhos. Acima de tudo querem parecer muito porreiraços e modernaços e não entendem que não há educação sem intervenção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:57

g.a


3-8-12



6 comentários

Sem imagem de perfil

De pereira a 24.08.2010 às 00:32

mt interessante essa de os pais educar os filhos! Pois, os pais educam os filhos à maneira deles: falar alto, televisão mt alta, internet e Tv no quarto dum filho/filha ou dos filhos, ficar a ver TV até altas horas de noite, ir ao trabalho ou à escola chateados pq dia anterior, como todos os dias e fins de semana, dormiram mt tarde, ter uma criada para limpar a casa..., comer fora em vez de cozinhar em casa k dá trabalho(caso das pessoas com posse), agora parece k até há infantários k ficam abertos aos fins-de-semana para permitir os pais namorarem....,uso irracional de carro e de outros artigos e das compras..., tudo isto agravado com a propaganda de igualdade de direitos a todos e formação de instituições como defesa dos direitos da mulher, pois, uma vítima, agora tb depende do sexo? Não seria correto não diferenciar uma vítima pelo sexo? Acho k é aqui que está o ponto fraco da nossa democracia, pois a nossa maioria (democracia) não gosta da disciplina, moral, ética, economia.., independente dos seus estudos, pois maioria não quer dizer qualidade, e aqui vê-se sua ausência....se não estou enganado!
Imagem de perfil

De beatriz j a a 24.08.2010 às 00:48

Maioria não quer dizer qualidade, não. Quanto mais respeitamos e percebemos a importância dos governos serem da maioria e para a maioria mais nos afastamos dela. Essa das vítimas e do sexo não percebi..
Sem imagem de perfil

De pereira a 24.08.2010 às 01:01

queria dizer em vez de "maioria" DEMOCRACIA..os governos minoritários tb não resolvem os problemas e até sofrem de quedas e entram em convalescença...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

queria dizer em vez de "maioria" DEMOCRACIA..os governos minoritários tb não resolvem os problemas e até sofrem de quedas e entram em convalescença... <BR class=incorrect name="incorrect" <a>qt</A> ao Sexo: não devia haver associações de defesa de mulheres, mas Associações de defesa de vítimas, independentemente do sexo...pois o homem e a mulher fazem parte da mesma realidade e a solução está na abordagem conjunta dos dois e não separada.....
Imagem de perfil

De beatriz j a a 24.08.2010 às 01:12

Há-de concordar que a maioria das vítimas são mulheres e não homens, e são-no às mãos de homens. É certo que uma vítima não tem sexo enquanto vítima, mas também é verdade que sendo as mulheres a esmagadora maioria das vítimas devem aprender a defender-se dos seus agressores habituais: pais, namorados, maridos e irmãos.
Sem imagem de perfil

De pereira a 24.08.2010 às 01:25

aí completamente de acordo, maioria das vítimas são as mulheres nas mãos dos homens, por isso mesmo uma vítima não pode ter sexo, isto é a defesa não pode ser baseada no sexo, seja masculino ou feminino, mas sim centrar na VÍTIMA sem pensar no sexo..se não todas as instituições baseadas na discriminação sexual estarão sujeitas a falência, o que está suceder atualmente..a violência cada vez é maior pq os problemas são equacionados baseando-se na discriminação sexual...
Imagem de perfil

De beatriz j a a 24.08.2010 às 19:02

Tenho estado a pensar neste assunto mas ainda não cheguei a nenhuma conclusão. É muito mais complicado do que parece.

Comentar post



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank