Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





os sindicatos e o blog do umbigo

por beatriz j a, em 18.07.10

 

 

 

Bem, hoje foi dia de ânimos exaltados no blog do Umbigo. Não sei o que se terá passado mas um dos posts tem mais de uma centena de comentários de ataques e contra-ataques. Calculo, no entanto, que sejam as investidas costumeiras dos sindicatos, mais propriamente da Fenprof.

A Fenprof preferia que o blog do Paulo Guinote não existisse. A Fenprof tem medo, porque é evidente que está a deslizar para aquela posição de grupo inconsequente em que estava antes das grandes manifestações de professores.

O lado negativo dos entendimentos todos que fizeram com a outra e esta ministra -as traições, que estas coisas é preciso dizê-las com todas as letras- é terem perdido a confiança dos professores e, com isso, terem perdido o poder negocial, logo, estarem prestes a serem pouca coisa ou nada.

O próprio discurso dos sindicatos já não se distingue do discurso do poder: chamam nomes aos próprios professores que representam, dizendo que são de direita, mas entretanto são eles que vivem numa promiscuidade chocante com o poder destruidor. Por esta razão têm medo que a confiança dos professores, que antes lhes era fiel, seja deslocada para outros movimentos que não lhes têm lealdade. Pensam eles que, se não fossem os movimentos e a blogosfera, os professores estariam isolados uns dos outros, sem acesso à informação, sem praça púiblica onde reunir, discutir, discordar, eventualmente congregar esforços. Mais ainda com os Directores que sonegam informação e com os mega-agrupamentos dependentes de políticas locais que desligam os professores uns dos outros dentro do país.

Ora, o blog do Paulo Guinote é, neste momento, a praça pública mais importante das dissidência e deslealdades, no ponto de vista dos sindicatos, sobretudo da Fenprof, habituada a tratar os professores como crianças em quem manda e desmanda como quer.

O blog do Guinote presta um serviço de democratização à educação. Todos os dias milhares de professores vão ali saber de legislação, de notícias sobre o que se passa nas escolas do país. Os próprios professores, quando não têm modo de se queixar, nas suas escolas, de injustiças, ilegalidades e indignidades anti-democráticas, enviam o testemunho da sua experiência para o blog do Paulo Guinote, sem o qual estaríamos às escuras em centenas de situações, de problemas, de legislação, de práticas, etc. Estaríamos mais controláveis e manipuláveis, tanto pelos sindicatos, como pelo poder com quem estes casaram.

Certamente que haveriam outros blogs, como o do Ramiro (que é excelente na disponibilização de informação) o da APEDE, o do MUP, etc, mas nenhum desses funciona como um verdadeiro espaço de partilha e discussão, de modo que seriam reduzidos a vozes dispersas sem consequências.

Pessoalmente, penso que é chegada a altura dos movimentos e das pessoas como o Paulo Guinote, por exemplo, e outros, darem o passo lógico que é levarem os movimentos aum outro patamar que possa dar aos professores uma voz alternativa à dos sindicatos na mesa das negociações, pois é evidente que estes já passaram o prazo de validade e são agora, apenas uma encenação formal sem conteúdo.

Acho que milhares de professores, se tivessem uma alternativa com pés para andar a estes sindicatos, aproveitava-a. É por saberem disso que os sindicatos têm medo do Paulo Guinote e dos Movimentos.

Pessoalmente penso que é agora ou nunca, o momento de passar a outro nível de organização. Até lá, espero que o Paulo Guinote não se canse e não feche o portão da sua praça. Ele sabe que não está sozinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:10

g.a


3-8-12



4 comentários

Sem imagem de perfil

De quink644 a 19.07.2010 às 21:21

Há muito tempo que venho dizendo isto... Quer lá, quer no meu próprio espaço... Há anos...
Já não sou só eu e alguns quantos. Fico contente...
Imagem de perfil

De beatriz j a a 19.07.2010 às 21:34

Eu percebo as reservas do Paulo Guinote. As pessoas prezam a sua liberdade que é aliás o fundamento daquilo que fazem.
Sem imagem de perfil

De Olinda a 19.07.2010 às 21:43

Gostei muito do teu texto. Vou aparecer por cá mais vezes.
Imagem de perfil

De beatriz j a a 19.07.2010 às 22:00

Olinda,

Obrigada. És bem vinda.

Comentar post



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank