Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

 

Educação

Governo adiou reforma curricular do 7.º ao 9.º ano do ensino básico

Ao contrário do que a ministra da Educação Isabel Alçada anunciara, não vão ser introduzidas mudanças nos 7.º, 8.º e 9.º anos e os alunos terão a mesma carga disciplinar, tão criticada pela governante. "

Em Maio ou início de Junho, recebem um documento da tutela sobre a organização do próximo ano escolar. Ontem, este ainda não chegara, assim como as escolas não sabiam como será organizado o calendário escolar e se haverá alterações a fazer no 3.º ciclo.
A acrescentar a tudo isto, houve atrasos na publicação do novo estatuto da carreira docente e do concurso dos professores contratados, enumeram os directores das escolas. Sem esquecer a reordenamento da rede escolar, os mega-agrupamentos, dizem.

 

 

Se qualquer professor fosse assim tão incompetente já estava com a Drel e um processo às costas, mas a ministra e os secretários de estado podem ser da maior mediocridade no trabalho que até serão promovidos para mandar num qualquer instituto. E, naturalmente, não se demitem, apesar de terem anunciado como prioridade fundamental à qualidade do ensino baixar o número de alunos por turma, mudar o estatuto do aluno (vai continuar a ser o que era, com planos e provas de recuperação e desculpabilização de tudo e mais alguma coisa), premiar as boas escolas (estão neste momento a ser desmanteladas...), mudar a carga horária lectiva e não lectiva dos professores, etc.

Afinal, era tudo mentira? Será que já era na onda do que disse o Grande Pai ontem ao PS: arranjem 'prá i' uma ideologia qualquer que convença o pessoal para poderem permanecer no poder...?

Enquanto se reduz (ainda mais) o poder de compra e os salários da função pública (as pessoas esquecem-se que a função pública, desde 1999 que é aumentada abaixo da inflação e tem tido a carreira congelada? Que os únicos funcionários que continuam a ter prémios, triplas reformas, aumentos disto e daquilo são os incompetentes que puseram o país como está?) quem nos governa não muda um milímetro das políticas que nos puseram aqui?

Ontem o Washington Post trazia um artigo de opinião com o título, 'Para quê fazer reformas se os hábitos continuam os mesmos?'. Que é como quem diz, o que é essencial que mude, como a fiscalização dos bancos, das entidades financeiras, das grandes empresas e da corrupção, continua a funcionar da mesma maneira, de modo que é uma questão de tempo até voltarmos onde estávamos.

Taxar o povo de impostos só tem como consequência baixar o nível de democraticidade do país por via do aumento da população desqualificada e da falta de instrumentos para o exercício da liberdade. Mas se calhar é esse mesmo o objectivo de quem nos governa.

Se o objectivo de quem governa fosse a melhoria das condições de vida da população ou a diminuição do fosso que separa ricos e pobres, concerteza muitos deles, sendo honestos e vendo que estavam a fazer exactamente o contrário, já se teriam demitido há muito tempo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04

g.a


3-8-12




no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank