Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Citação deste dia

por beatriz j a, em 25.07.17

 

“Nolite te bastardes carborundorum.” (Don’t let the bastards grind you down) – Margaret Atwood, The Handmaid’s Tale

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22


Just saying...

por beatriz j a, em 25.07.17

 

 

A Inspeção Geral de Educação está para os professores como os polícias da esquadra da Cova da Moura estão (ou estavam) para os moradores afro-descendentes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:14


Um país de machistas...

por beatriz j a, em 25.07.17

 

Mulheres já não ligam ao sexo depois dos 50? Tribunal europeu discorda e condena Portugal

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo baseou-se em estereótipos de género ligados ao papel subalterno da mulher e à sua função procriadora, criticam juízes de Estrasburgo.

 

Portugal foi condenado nesta terça-feira pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem por causa da controversa sentença que reduziu a indemnização de uma vítima de negligência médica na Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, com base no pressuposto de a actividade sexual depois dos 50 anos já não ser assim tão importante para as mulheres. O Estado português terá ainda de pagar uma multa de 5710 euros, 3250 dos quais por danos morais.

 

“A igualdade de género ainda é um objectivo a atingir, e uma das formas de o fazer é abordando as causas profundas da desigualdade gerada pelos estereótipos”, pode ler-se na sentença, em que a justiça portuguesa é condenada por ter violado duas normas da Convenção Europeia dos Direitos Humanos. A primeira proíbe a discriminação em função do género, raça, cor, língua, religião, entre outros aspectos. A segunda diz que qualquer pessoa tem direito ao respeito pela sua vida privada e familiar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34

 

Wisconsin company Three Square Market to microchip employees

Three Square Market is offering to implant the tiny radio-frequency identification (RFID) chip into workers' hands for free - and says everyone will soon be doing it.

The rice grain-sized $300 (£230) chip will allow them to open doors, log in to computers and even purchase food.

 

Para já o chip só torna as pessoas cartões de crédito ambulantes mas num futuro próximo é evidente que há-de ter um GPS e outras amenidades de controlo de cidadãos tão ao gosto de políticos e militares.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:02


Nisto, o Costa não tem razão

por beatriz j a, em 24.07.17

 

 

... porque os números, neste caso, não são uma abstração. Não estamos a falar de subtrações em abstracto. Estamos a falar de pessoas e cada número corresponde a uma pessoa, uma identidade, uma vida que se perdeu. Como nenhuma vida é desprezável, todos os números/vidas têm que contar(-se).

 

António Costa afirma que "dimensão da tragédia de Pedrógão não se mede pela dimensão dos números"

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:53


Eu já tenho as mãos no ar

por beatriz j a, em 24.07.17

 

Quem está isento e quem vai passar a pagar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:55

 

 

(continuação)

 

IMG_1126.jpg

 

IMG_1127.jpg

 

IMG_1128.jpg

 

IMG_1129.jpg

 

IMG_1130.jpg

IMG_1131.jpg

 

IMG_1132.jpg

 

IMG_1133.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35

 

 

Parece-me que há aqui duas coisas diferentes nas palavras de Gentil Martins ao Expresso: uma é o direito, jurídico, ligado à liberdade de opinião e expressão pelo qual não pode e, não deve, ser perseguido; outra, é o efeito das palavras dele, dado ser uma pessoa, figura pública, com prestígio e autoridade. 

 

Não é tanto o que ele diz (porque sabemos que ele é um católico ortodoxo e conhecemos o radicalismo dos católicos nestas matérias), mas o modo como o diz, isto é, com violência e fanatismo, que causa surpresa para quem costuma ouvi-lo em outro registo. Chamar estupores às pessoas que têm uma maneira diferente de entender a parentalidade e chamar parafílicos e patológicos graves a pessoas de orientação homossexual, acho que é muito violento. Quer dizer, se eu fosse doente e homossexual ou barriga de aluguer, não me sentiria nada à vontade para ser tratada por um médico que sabia considerar-me uma pervertida sexual ou um estupor. E se tivesse que consultá-lo, provavelmente mentiria em muita coisa com medo de ser mal tratada. 

 

Imagine-se que eu, que sou professora, dizia que as mães dos meus alunos que são barrigas de aluguer são uns estupores que não sabem educar os filhos e que acho que todos os alunos homossexuais têm parafílias e patologias do foro psicológico graves. Ahh... mas não descriminava ninguém na sala de aula... a sério? Quantos alunos homossexuais ou filhos de mães de aluguer se sentiriam seguros comigo e quereriam que eu fosse professora deles...? Agora imagine-se que dizia estas coisas publicamente, sendo uma autoridade na profissão? Que efeito tinham as minhas palavras? Ou imagine-se um juíz a dizer isso daqueles que tem que julgar, ou um oficial daqueles que tem que instruir?

 

Uma pessoa quando tem esse tipo de prestígio e autoridade, que ele tem, deve, acho, ter cuidado com o que diz publicamente, sabendo que as suas palavras são modelos de referência para muitos. Não me choca que ele tenha opiniões pessoais religiosas sobre a homossexualidade ou opções de monoparentalidade. Calculo que ache que as mulheres que abortam são assassinas e que os médicos que praticam eutanásia sejam homicidas, etc.

 

O que achei foi que ele foi muito ordinário e fanático na maneira de falar dos outros que têm opções de vida diferentes da dele. E, confesso, não estava à espera. Não tinha essa impressão dele ser uma pessoa ordinária e fanática. E, como eu, acho que muitos também não tinham e lidaram mal com isso. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:59

 

 

... para se manter no poder.

 

Alexis Tsipras: 'The worst is clearly behind us'

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:47

 

 

Professores. Quando o cancro bate à porta

 

A quantidade de casos de professores que são obrigados a arrastar-se com doenças graves no trabalho por causa da indiferença das juntas médicas não tem explicação... será que têm ordens para deixar os professores morrer no trabalho para pouparem nas reformas?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:34


Duly noted

por beatriz j a, em 24.07.17

 

Assédio laboral – combate reforçado

 

É conferido o direito a indemnização e, muito importante, o denunciante e as testemunhas têm agora um quadro jurídico de proteção que poderá pôr cobro a muitas situações de não atuação por medo (fundado) de represálias.

 

Está acautelada a responsabilidade pelos danos emergentes de doenças profissionais resultantes da prática de assédio laboral.

As entidades empregadoras têm de adotar códigos de boa conduta para a prevenção e combate ao assédio no trabalho e instaurar os devidos procedimentos disciplinares quando têm conhecimento da prática de assédio, sob pena de “contraordenação grave”.

 

O assédio laboral é uma forma criminosa de perseguir, torturar, desgastar e despedir trabalhadoras e trabalhadores. Há quem morra em consequência deste cancro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:27


Queriam uma galinha de ovos de outro...

por beatriz j a, em 24.07.17

 

Iave queria ser o dono dos exames, mas PGR não deixou

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:13

 

 

 (repare-se que, exceptuando o Marx, são todos conhecidos por serem grandes ditadores, totalitaristas assassinos)

Propaganda política durante a feira anual. Alte, 1974 - foto de Tim Motion
(Público)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:38


Do mercado de Setúbal

por beatriz j a, em 23.07.17

 

 

Amoras e amoras morangueiras (adoro!!), pera cóxe e abrunhos. Figos do Algarve, podia ter esperado por comê-los daqui a 15 dias no sítio deles onde os vendem a 1 euro o quilo e não a 1 euro a unidade... mas a tentação foi grande porque estão apetitosíssimos... e tomate, montes de tomates :)))

 

IMG_1120.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:38


Do onde vem o gosto por ler?

por beatriz j a, em 23.07.17

 

 

No meu caso vem dos livros da Enid Blyton. A minha mãe, uma leitora compulsiva, comprava colecções de livros infantis que distribuia por nós e depois pedia-nos que lhes contássemos as histórias e isso induzia-nos a ler [pus o meu filho a gostar de ler da mesma maneira, embora com outros livros]. Entre os 8 e os 10 anos, li as As aventuras dos Cinco, todas. Alguns livros várias vezes como, Os Cinco na Ilha do Tesouro, Os Cinco na Ilha dos Murmúrios ou Os Cinco na Casa do Mocho, que eram dos meus preferidos. Sendo muitos irmãos a ler os livros, essa coleção estava toda em frangalhos, os livros a parecer que tinham cem anos de uso. Depois dos Cinco, li Os Sete, As gémas, O Colégio das 4 Torres, este já na adolescência. Os livros estão muito bem pensados porque apanham o imaginário dessas idades, com personagens tipificados que dão para qualquer um se identificar: tem o atinado, a pragmática, o palhaceiro, a maria-rapaz e um cão. Há quem diga que os livros dela não são muito bons literariamente mas, parece-me que nestas idades, o mais importante é cativar e as histórias dela puxam pela imaginação e têm a dose certa de suspense para nos prender, quando crianças, num mundo de aventuras, perigos, camaradagem, coragem e inteligência. Adorava os livros.

 

 

75 anos de "Os Cinco" de Enid Blyton

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:13

 

 

(continuação)

IMG_1110.jpg

 

IMG_1112.jpg

 

IMG_1113.jpg

 

IMG_1114.jpg

 

IMG_1115.jpg

 

IMG_1116.jpg

 

IMG_1117.jpg

 

IMG_1118.jpg

 

IMG_1119.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41


Que tortura...

por beatriz j a, em 22.07.17

 

 

Agora levantei a tampa de uma caixa e descobri que está cheia de mignonettes belgas... 

 

IMG_1109.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04


Obrigada!

por beatriz j a, em 22.07.17

 

 

Paco Bandeira destrói os próprios discos em protesto contra os downloads ilegais

O músico explica, ainda no vídeo, que atentou oferecer os álbuns a países africanos de língua portuguesa, mas que encontrou dificuldades.

 

A ideia de alguém fazer download da música do Paco Bandeira 🤣 🤣 🤣 Nem dados os querem 🤣 🤣 🤣

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:38


Tal qual como na escola...

por beatriz j a, em 22.07.17

 

 

Expresso | “Na Venezuela não há uma guerra civil porque apenas o governo está armado...

 Um Governo que reprime e não resolve nada. Umas eleições...  feitas à medida e nos termos de Nicolás Maduro.

 

... as pseudo-eleições cozinhadas à medida.... uma imensa vergonha... e tudo legal!! Isso é o pior... tudo é legal... sendo o oposto do que devia ser... e tudo sempre aprovado pela inspeção. Há até quem se gabe do facto...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10


Agora até me engasguei a rir ahah

por beatriz j a, em 22.07.17

 

 

"Pergunte a um político, a uma federação de pais, a um opinion maker e dizem que somos uns malandros, que mudamos uma página para vender mais... mas se falar com os professores, eles até ficam incomodados, porque sentem que nós trabalhamos para eles. (...) Há ainda a Escola Virtual (onde os alunos podem estudar todas as matérias e recorrer a explicadores online)...    (Almoço com Vasco Teixeira, diretor da Porto Editora - DN)

 

'Ganda' publicidade! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:51

g.a


3-8-12


Pág. 1/7



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank