Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Constâncio na berlinda

por beatriz j a, em 31.03.14

 

 

PSD quer que BdP esclareça os três avisos de Barroso a Constâncio sobre o caso BPN

 

O PSD vai confrontar o actual governador do Banco de Portugal (BdP) sobre o “dado novo” trazido a público pelo ex-primeiro-ministro Durão Barroso que revelou que, quando esteve em funções, chamou três vezes Vítor Constâncio para “saber se aquilo que se dizia do BPN era verdade”. O requerimento foi remetido ontem pelo deputado do PSD Duarte Marques que acredita que “há aqui uma noção de negligência que é inaceitável".

 .

 .

Não percebo este abespinhamento com o Constâncio. O homem fui tudo menos negligente... fez o que se requer, nesta economia global, a qualquer banqueiro ou alto administrador público: investiu na internacionalização da sua carreira e, nisso, foi o oposto de negligente. Eu imagino que os contratadores internacionais como o BCE e grandes multinacionais têm uma espécie de cardápio de nomes construído por algum expertíssimo de Recursos Humanos onde vão buscar perfis que correspondam aos seus interesses e agrados. Ora bem, qual é o perfil dos candidatos da lista? Imagino que seja, por um lado, uma cegueira convicta e uma maleabilidade supramoral e, por outro, aquela qualidade de 'boca fechada' muito própria de certos europeus mediterrânicos. Porque outra razão alguém se teria lembrado de vir buscar o Constâncio que já tinha dado provas de incompetência enquanto ministro das finanças, não há muitos anos?

Portanto, acho que o Constâncio construiu o seu Curriculum com o maior cuidado e sem nenhuma negligência. Deu nas vistas por ser ceguinho, evidenciou-se do modo que mais sucesso lhe traria -como manda a Bíblia destes economistas darwinistas- e internacionalizou-se direitinho.

Outros como ele também se internacionalizaram depois de terem feito um trabalho de ceguinhos nos corredores da governação. Um ou outro há bem pouco tempo...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:12

 

 

 

O Governo russo reuniu esta segunda-feira, dia 31, em Conselho de Ministros, na Crimeia e anunciou que vai aumentar os salários e as pensões dos funcionários públicos para os valores médios praticados na Rússia e reduzir alguns impostos no território como forma de atrair investimento.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

 

 

Duas dezenas de generais e almirantes subscrevem petição de apoio ao Manifesto dos 74

Se calhar é tempo de acabar com o hábito de quem manda decidir unilateralmente por nós sem sequer se dar ao trabalho de nos ouvir, como se, por ter poder tivesse a verdade consigo e, como se estivesse a decidir para estranhos e não para aqueles que têm que, no dia a dia, viver com as decisões tomadas e pagá-las. Afinal isto é a democracia portuguesa, não o país do Putin.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23

 

 

 

Entornei chá quente em cima do portátil... o normal era desligá-lo da corrente, tirar a bateria e pôr a secar, como se faz aos telemóveis, não é? Pois é, só que me deu para o desligar com o software e tentar ligá-lo outra vez... finalmente está para ali a secar mas acho que o matei... agora estou aqui com este mono velho todo marado. É o que se chama não resistir a ser estúpida...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:40

 

 

 

(do Duarte)

 

Copenhagen Zoo Kills Four Healthy Staff Members To Make Space for New Employees

 

COPENHAGEN (The Global Edition) – The Copenhagen Zoo has killed several of its staff members early this morning in order to create four new job openings, the Zoo public relations sector reported.

 

Officials of the Zoo say that the four members of the staff were humanely executed after being put to sleep with a lethal injection, and then skinned and chopped up while visitors crowded around and the meat was fed to the lion population.

 

...

 

“Being that the oldest staff members could no longer keep track with the new Zoo technologies, and could not manage themselves in the fast and ever-changing job environment, we feel that the criticism coming from some of their family members is completely unfounded,” the Zoo spokesman was quoted as saying.

 

“Zoos do not own the staff, but they are in charge of their employment, and in that regard have the full right to do with them whatever is considered necessary when they are on the Zoo territory”, said Tobias Stenbeak Bro. “It was the only humane way to dispose of them, you know. We couldn’t just leave them without jobs in this economy, as some heartless observers suggested”

 

The Zoo spokesman concluded that “considering that the Zoo animals were fed with the meat of the former employees, the food chain was virtually completed, which is totally in respect of the law of nature”.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:25


A Woman’s Work Is Never Done

por beatriz j a, em 31.03.14

 

 

 

 

Hand Embroidery: Artist Stitches Her Flesh To Show That A Woman’s Work Is Never Done

Eliza Bennett_A womans work

Eliza Bennett, a 33-year-old British artist, gives new meaning to the term “hand embroidery” with her sculpture – A Woman’s Work Is Never Done. Using a needle and colored thread as her medium, and the palm of her hand as her canvas, she stitched patterns into the top layer of her own skin to create the look of an incredibly work worn hand that comes from doing conventional ‘women’s work’.

 

Of her provocative, epidermal sculpture, Eliza writes on her site, “By using the technique of embroidery, traditionally employed to represent femininity and applying it to the expression of its opposite, I hope to challenge the pre-conceived notion that ‘women’s work’ is light and easy.” She says her goal was to “represent the effects of hard work arising from employment in low paid ancillary jobs such as cleaning, caring, and catering, all traditionally considered to be ‘women’s work’.”

 

(All images property of Eliza Bennett.)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:15


Bygone days... Doobie Brothers

por beatriz j a, em 31.03.14

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:03


Chamam a esta árvore, 'O Presidente'

por beatriz j a, em 31.03.14

 

 

 

 

Imagem da net

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:21


Ucrânia reloaded I

por beatriz j a, em 30.03.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este tweet do Ministro dos Negócios Estrangeiros francês resume o posicionamento europeu relativamente à questão da Ucrânia (os franceses têm uma encomenda de armamento dos russos -de que muito se tem falado nos jornais franceses- que vale mais de 1.5 biliões), isto é, somos contra a prepotência dos russos mas, como não temos meios para os deter, enquanto pensamos numa solução não vamos prejudicar o posto de trabalho dos franceses. Era a este tipo de coisas que o Putin se referia quando dizia, há uma semana e tal, que isso de vivermos num mundo global vale para os dois lados.

 

No 10º ano, quando damos o tema da acção e falamos da rede conceptual da acção humana, costumamos distinguir a intenção premeditada da intenção na própria acção. Acho que isso se aplica a esta situação. Putin premeditou a anexação da Crimeia, em parte por irritação com a ingratidão (do seu ponto de vista) da Ucrânia e a arrogância do Ocidente. Foi tudo tão rápido que apanhou de surpresa o Ocidente e a própria Ucrânia que se suponha independente.  Aquela conferência de imprensa na Rússia uma semana antes do referendo, onde ele aparece sozinho a falar de ir ajudar a Ucrânia, país amigo, a pedido do Presidente deposto por golpe de Estado, fez-me lembrar o Mourinho nas conferências de imprensa quando finge que não sabe de nada e vemos na cara dele que já tem a estratégia decidida... o Putin só quis que ficasse registado publicamente que falou a favor dos direitos humanos e tal...

 

Depois da anexação, parece-me que ele delineou um outro passo que não estava planeado: foi uma intenção decidida no decorrer da própria acção, em virtude dela ter decorrido ainda melhor do que o previsto. Ele pensa agora que pode decidir, como a Merkele e Bruxelas decidem para os países que mantêm cativos (não interessa que a Alemanha mantenha os países cativos da dívida e ele das tropas), que tipo de estrutura política a Ucrânia deve ter, que tipo de constituição devem ter, que línguas devem permitir que se falem e outras coisas da sua esfera de interesses. 

 

Ele tem a Rússia do seu lado -os nacionalistas adoram-no-, os meios de comunicação russos e não só (a China, o Irão, a Turquia e muitos outros países vêem o mundo pelos olhos dele e acham que os americanos não têm moralidade para falar) e a indisponibilidade dos países da Europa se meterem numa guerra com ele. Os EUA também. No que fazem muitíssimmo bem mas, isso requer uma grande inteligênca diplomática e, desde logo, a senhora Merkele não obrigar os ucranianos a uma austeridade estúpida e sem esperança como fez com a Grécia, Portugal e Irlanda (fiquem pobres, destruam a produção e comprem-nos os nossos produtos) e, como não lhe fizeram os aliados depois da guerra, pois nesse caso, em meia dúzia de meses serão os próprios ucranianos a quererem ser russos para fugirem do destino de pobres servos da senhora Merkele.

 

Hoje ouvi na CNN uma pequena mesa redonda com quatro convidados, Tina Brown, fundadora da Women in the World Summit, Arianna Huffington, editora chefe do Huffington Post, Steven Pinker, psicólogo cognitivo e autor do livro The Better Angels of Our Nature e Joseph Nye, professor e dean da Kennedy School of Government de Harvard, sobre o tema, 'E se as mulheres governassem o mundo?'

Todos eles, sem excepção concordam que os países em que as mulheres estão no comando são menos propensos a soluções bélicas (as excepções como a Teatcher, explicam-se pelo facto de terem sido mulheres que tiveram que subir a pulso num mundo que era, então, quase exclusivamente, masculino), que no Médio Oriente e em África começa a ser comum os governos recorrerem a mulheres sempre que são necessárias conversações de paz.

O modelo de relações internacionais, bélico, que tem governado o mundo até agora, não resulta: há milhares de anos de provas infelizes que o confirmam. Na realidade o problema da paz no mundo é demasiado sério para ser deixado nas mãos de pessoas que gostam de brincar às armas, à guerra biológica, à guerra nuclear, etc.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20


360 a 0

por beatriz j a, em 30.03.14

 

 

 

Beatriz - 360 páginas (lidas, corrigidas e avaliadas)

 

Testes e fichas de trabalho por avaliar - zerinho

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:07


Directamente do FB

por beatriz j a, em 30.03.14

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:57


Even funnier - Obama and Putin

por beatriz j a, em 30.03.14

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:44


Funny stuff

por beatriz j a, em 30.03.14

 

 

 

 

 .

 .

 .

 .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32


Os deprimentes títulos de hoje

por beatriz j a, em 30.03.14

 

 


Há-menos-pais-a-levar-os-filhos-ao-medico
.
.
Ensino superior perdeu quase 20% dos estudantes adultos nos últimos cinco anos
.
Portugal devolve 3,5 milhões para as pescas por falta de uso
.
.
Conclusão: é preciso empobrecer mais os estúpidos dos portugueses que andam a fazer vida de ricos... deixa ver, cortar salários, cortar pensões, despedir, subir o custo de vida, proibi-los de fazer férias, de gastar o seu próprio dinheiro, de se queixarem, de sindicarem e, em suma, de fazer seja o que for que embarace os pobres dos políticos na sua excelentíssima mediocridade..

Portugal devolve 3,5 milhões para as pescas por falta de uso

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58


Dream deferred by Langston Hughes

por beatriz j a, em 29.03.14

 

 

 

Winold Reiss

 

 

 

Dream deferred

 

What happens to a dream deferred?

 

Does it dry up
Like a raisin in the sun?

 

Or fester like a sore--
And then run?

 

Does it stink like rotten meat?
Or crust and sugar over--
like a syrupy sweet?

 

Maybe it just sags
like a heavy load.

 

Or does it explode?

 

 

(www.poetrygrrrls.com)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04


Vayali Bamboo Band

por beatriz j a, em 29.03.14

 

 

 

Folk Secrets music project rediscovers amazing folk bands. Vayali Bamboo Band with all instruments made of bamboo comes from a small village in Kerala, India.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:28

 

 

 

foto da net

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22


O país que vivia "vida de rico"

por beatriz j a, em 29.03.14

 

 

 

O paí­s que vivia "vida de rico" - PÚBLICO

 

 

Por isso, esperem por mais, porque se "o país empobreceu menos do que parece", é porque ele ainda não empobreceu tudo o que podia e devia. E a receita que vem aí é óbvia, é tornar permanente os cortes de salários e pensões, para que o tempo actue todos os dias tornando as pessoas e as famílias insolventes, endividadas perante credores muito mais hostis, incapazes de gerir a sua situação e a sua vida, e os que não podem emigrar ficarem por aí aos caídos ou à porta de qualquer banco alimentar. Sem estes portugueses poderem viver aquilo a que Bento chama com desprezo "vida de ricos" ou aceder a ela, sem esses portugueses restaurarem uma escada social que permita a pobreza não se tornar num gueto, e haver uma classe média que puxe para cima, não há saída para Portugal.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56


World Clock

por beatriz j a, em 29.03.14

 

 

 

 

Earth Clock - Poodwaddle

 

 

 


World Clock by Poodwaddle.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26


Portugal por aí

por beatriz j a, em 29.03.14

 

 

 

Palácio Foz, Lisboa (foto da net)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:43

g.a


3-8-12


Pág. 1/12



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank