Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Lightning Dust - "Never Seen"

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:55


sahara

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

Paul Jaarsma

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06


Anthony Jeselnik - " Benefit for Haiti"

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:03


código deontológico...hã...? que é isso?

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

Canal TVI Secret Story é o canal mais visto no MEO

premindo o botão vermelho do comando, "os clientes poderão escolher a câmara pretendida e ainda aceder a um universo de conteúdos adicionais sobre o 'reality show'. Esta aplicação, diz a empresa, "tem sido um sucesso com cerca de 2,5 milhões de visitas desde o seu lançamento".


 

Ainda não vi um único episódio desta 'coisa'. Vi há uns anos uns episódios do Big Brother e aquilo enojou-me tanto que nunca mais vi nenhum. Confesso que não tenho vocação para voyeur. Há quem diga que a literatura, a biografia, etc., apelam um pouco ao voyerismo, mas não é verdade. A literatura e o filme são ficção, não são realidade. Aqui nesta 'coisa' chamada reality-show o que se passa não é ficção, é realidade. Mais, é uma realidade manipulada para desembocar em violência e pornografia por causa das audiências. Mas como toda as TVs hoje em dia -salvo raras excepções- são completamente imorais na abordagem das coisas, não querem dizer que o programa é de pornografia e violência para não espantar as famílias e dar-lhes um pretexto para se viciarem naquela porcaria.

Incomoda-me nestes programas que não se assumam como são, porque essa manipulação das pessoas tem efeitos negativos nas mentalidades, para já não falar na educação das crianças, adolescentes e jovens que os vêem.

Eu compreendo e aceito programas de pornografia. Se me apetece também os vejo. Agora, quando os vejo, não finjo que estou a ver um programa de interesse sociológico ou outra tanga qualquer.

Se os que regulam os programas fizessem o seu trabalho obrigavam a classificar estes programas sob a denominação de programas para adultos, que é o que são, para que os pais pudessem controlar o que os filhos vêem sem confusões. Porque adultos viciados nestes programas são pessoas de vidinha triste que sabem ter alternativas, mas crianças e adolescentes não têm consciência da negatividade que estes programas têm na sua educação, nomeadamente no que respeita aos modelos de relações interpessoais e vivência sexual que apresentam.

Os 'jornalistas' que apresentam estas 'coisas' são uma espécie de 'madames' sem código deontológico...o que é isso...?

Na semana passada eu e uma colega comentávamos que nas escolas remamos contra a maré: contra as TVs, a sociedade, o ministério, e muitos pais que educam os miúdos e os adolescentes com TV aos molhos, jogos, pornografia, presentes, indulgência e exemplos de violência e que depois ficam à espera que os professores remendem tudo. Se cada um fizesse a sua parte as coisas eram todas mais fáceis e melhores. Mas vivemos numa sociedade onde o exemplo que vem de cima é este: rouba, mente, abusa e faz tudo o que apetecer que a vida é curta e é para gozar nem que seja à custa dos outros.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:11


not true

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

Hoje deu-me para ver esta série antiga baseada no livro do James Clavell. Já vou no pisódio 7. Já não me lembrava de muita coisa, mas lembrava-me dos contrastes entre a extrema delicadeza e a extrema brutalidade. Isso impressionou-me na altura em que vi a série, porque sabia quase nada sobre a cultura japonesa.Foi esta série que me motivou o interesse e me levou a ler sobre o Japão.

O Japão é um país com uma cultura fascianante. Estranha no culto da obediência, embora compreenda o culto do ritual como modo -como Mariko explica no filme ao inglês Anjie-san- de manter os outros à distância, numa sociedade que não valoriza a privacidade. Uma espécie de muralha que resguarda o sítio interior onde a pessoa se recolhe para ter privacidade. Muito interessante.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:17


o legado da Maria de Lurdes Rodrigues

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

Mãe de aluno dá pontapés em professora

Uma professora do ensino básico do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, em Castelo Branco, foi espancada dentro da sala de aulas pela mãe de um aluno. A turma, constituída por 16 crianças, na maioria de sete anos, assistiu às agressões.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04


3 tipos, 5 milhões

por beatriz j a, em 31.10.10

 

 

 

Investigação

Pensionistas milionários na Face Oculta

Arguidos recebem pensões da Caixa Geral de Aposentações. REN pagou, em seis anos, 3 milhões a Penedos. Paiva Nunes, da EDP, recebeu um milhão.Vara ganhou 2 milhões.

 

Isto são as pensões de apenas 3 tipos que continuam a receber como gestores e administradores. Imagine-se se fizéssemos as contas a todos. Havíamos de concluir que duas ou três dezenas de tipos comeram todo o dinheiro do país. E é para sustentar estes tipos que vamos ter um orçamento que ainda nos pede mais! Quer dizer, uma pessoa trabalha uma vida inteira para ter uma reforma de tanga e estes inúteis trabalham dois anos e recebem uma pensão vitalícia, ao mesmo tempo que vão para outra empresa sacar um ordenado milionário.

Isto mete nojo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:53


atravessando a calote de gelo

por beatriz j a, em 30.10.10

 

 

 

 

 

" Era uma vez - «há muito tempo», talvez «numa galáxia que ficava longe, muito longe» - uma civilização avançada, livre, tolerante, individualista, num planeta cujas calotes polares começaram a crescer. Não havia civilização que fosse capaz de deter o avanço do gelo. Os cidadãos do Estado ideal construíram uma poderosa muralha, que resistiria aos glaciares por algum tempo, sim, mas não para sempre. Chegou o momento em que o gelo, indiferente, implacável, atravessou as suas linhas e os esmagou. O seu último acto foi o de escolherem um grupo de homens e mulheres que atravessaram a superfície do gelo até aos últimos confins do planeta, para transmitirem a notícia da morte da sua civilização, e preservarem, nos modestos termos que pudessem, o sentido daquilo que fora a sua civilização, tornando-se seus representantes.

Ao longo da sua difícil viagem pela calote de gelo, o grupo aprendeu que, para sobreviver, tinha de mudar. Os seus diferentes individualismos tinham de fundir-se numa colectividade, e foi essa entidade colectiva - a Representação - que acabou por conseguir chegar aos últimos confins do planeta. Todavia, o que representava agora não era o que quisera de início representar. A viagem cria-nos. Transformamo-nos nas fronteiras que atravessamos.

 

(Salman Rushdie em Pisar o risco, sobre o romance de ficção científica de Doris Lessing, The making of the representative for Planet 8 )

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00


somos ossos para cães roerem?

por beatriz j a, em 30.10.10

 

 

 

O nosso buraco e o abismo deles

Pior do que o défice financeiro português, é o défice reformista das sociedades europeias. As manifestações em França são bem piores do que o nosso buraco orçamental. são o passo em frente ao abismo.

É evidente que Portugal e a Grécia, como Espanha ou Irlanda, terão de reformar as suas economias e, sobretudo no caso dos países do sul, rever o papel que o Estado desempenha, o espaço que ocupa e os recursos que consome. Mas não vale a pena fingir que o problema é só esse. O que se tem passado em França é bem mais grave, porque revela como as possibilidades de reforma são ínfimas. França é o melhor exemplo de uma sociedade acomodada e convencida de que os privilégios são eternos e de que o Estado social se paga a si mesmo, seja lá como for. Ver crianças de 20 anos a berrar porque não se querem reformar aos 62 anos é muito mais grave do que ver um país a querer fazer auto-estradas de que se calhar não precisava e que certamente não podia pagar.

 

Não estou de acordo com esta visão da raíz do problema em França, onde se dá a entender que a sociedade se tornou indolente de tal forma que até os mais jovens só pensam em benefícios e segurança.

A mim o que me parece é que hoje em dia os jovens são mais educados e informados que há umas décadas e estão conscientes do que se está a passar.

Vêem que este problema ultrapassa a mera questão económica e que é uma questão de modelo de civilização.

Vêem que o que se está a desenhar é o fim do ideal europeu que defendia que toda a sociedade tinha um objectivo de qualidade de vida para os seus cidadãos e não apenas para uns.

Vêem que esse tipo de sociedade está a ser destruída porque políticos e tubarões de bancos e grandes corporações multinacionais arrecadam todos os bens e riqueza e ao manifestar-se estão a dizer que não querem a destruição do ideal europeu para que a ganância de alguns seja plenamente satisfeita.

Estão a dizer que não querem a Europa transformada nos EUA de tradicional capitalismo selvagem.

Estão a dizer que querem que os políticos façam o seu trabalho: criar emprego, moralizar a vida pública, dar exemplo de honestidade e serviço para que não desapareçam os benefícios do Estado Social que as pessoas suportam com os seus impostos.

Estão a dizer que não vivemos já no século XIX onde se assumia que os trabalhadores não deveriam aspirar à prosperidade que era privilégio de alguns para os quais os outros trabalhavam até à morte.

Estão a dizer que esse estado de coisas foi ultrapassado com muitos custos e sacrifícios e não querem que tudo seja perdido.

Estão a dizer que não aceitam trabalhar até aos 60 ou 70 anos e ir directamente do trabalho para a cova, apenas porque os políticos não fazem o seu trabalho e se vendem aos tubarões das finanças.

Não estão a dizer que não querem trabalhar ou correr riscos. Só estão a dizer que não aceitam ser escravos de políticos incompetentes e venais que têm 3 reformas aos 40 ou 50 anos e de patrões sem escrúpulos que atiram centenas ou milhares para a pobreza por pura ganância.

O que se passou em Portugal não é exemplificativo: políticas de destruição da agricultura, da indústria...corrupção de tudo quanto é membro do governo, bancos a lucrar milhões por dia, roubos e desvios de dinheiros de amigos, de administradores públicos...então o povo que sustentas estas coisas deve ainda aceitar reformas que o descarnam até ao osso? Somos ossos para cães roerem?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:34


vinho para esquecer...

por beatriz j a, em 29.10.10

 

 

Parece que o leite com chocolate também vai ter o IVA aumentado para 23% por ser considerado um produto de luxo dispensável. Em contrapartida o vinho continua com o IVA a 13%., se calhar por ser um produto de 1ª necessodade, nestes tempos em que é preciso esquecer o estado a que chegámos. Dizia-me hoje uma amiga que isso é uma maneira do governo dizer que os miúdos devem passar a levar para a escola daquelas embalagens pequenas de cartão de vinho tinto Porta da Ravessa...

É isto, e outras coisas como estas, que o Passos Coelho vai aprovar no OE.

Se tivesse cabeça e coragem não aprovava o documento que nos condena à pobreza. E não me venham dizer que era muito pior e que sou eu que não percebo nada de Economia, porque os que lá estão e os que pela Europa nos puseram neste estado não percebem mais do que eu, como se vê pelas consequências do que fizeram. E os da oposição também porque nestes anos todos pelos vistos nada viram ou perceberam do caminho que se estava a seguir... temos sido conduzidos por lobos, burros e cegos...e os da oposição há tanto tempo arredados da mangedoura...à fome...meu Deus! Nem quero pensar o que será quando lá chegarem...

Há alturas em que não se pode trabalhar dentro do sistema a aproveitá-lo porque já não há nada para aproveitar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:10


da minha janela

por beatriz j a, em 29.10.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:57


a europa cada vez mais insignificante

por beatriz j a, em 29.10.10

 

 

 

Silvio Berlusconi: Escândalo sexual

O primeiro-ministro italiano está a ser investigado por, alegadamente, ter pago para ter sexo com uma jovem marroquina, de 17 anos, na sua mansão nos arredores de Milão.

 

A Europa que era um farol da civilização agora é isto: o que manda em Itália é um velho debochado -sem dúvida rodeado de outros seus iguais-; a França governada por um vaidoso inseguro (por a mulher ser mais alta que ele e ter melhor pele) que se vinga com manifestação de racismos e ostentação de dinheiro; em Inglaterra, um mentiroso que saiu do governo milionário, casado com uma mulher cuja vida é vender relógios do marido no ebay e cuja irmã acha que o que é bom é ser muçulmana e andar de burka; o que nos governa é o que se sabe: só casos de roubo e corrupção, cujos amigos, ou estão na cadeia, ou a caminho dela, ou em fuga dela; o Presidente da UE um gajo que fugiu cobardemente do país por vaidade e ganância depois de se ter comprometido e que faz nada a não ser ostentar dinheiro e poder; na Alemanha uma proto-nazi que sacrifica a própria União, esvaziando-a de propósito, por ganância de poder e poder e mais poder.

Enfim... quem é que se espanta da pobreza desta UE se as pessoas que a comandam são duma pequenez egoísta, corrupta, decadente, irresponsável e miopemente autoritária...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53


Ah! 'Gandas' Revolucionários!

por beatriz j a, em 28.10.10

 

 

 

Professores que Lurdes Rodrigues não quis avaliar podem progredir na carreira este ano

Quem estava fora das escolas não podia ser avaliado, mas Isabel Alçada não só corrigiu a situação como veio agora permitir que os efeitos ocorram antes de eventuais "congelamentos".
os líderes da Federação Nacional de Professores (Fenprof) e da Federação Nacional de Educação (FNE) recusam terminantemente que ela constitua um benefício.

Entenda-se: estamos a falar, no essencial, de sindicalistas.... que vão progredir a correr antes dos congelamentos e sem nenhum tipo de avaliação.
Pois, pois...é assim a vida difícil dos sindicalistas...uma promiscuidade com o poder...todos revolucionários de ...penico!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:19


pois...

por beatriz j a, em 28.10.10

 

 

 

Advogado do chefe de gabinete de Sócrates é dono da F5C

Jorge Abreu Rodrigues é dono do capital da agência de comunicação que mais ajustes directos recebeu do Estado.

 

Teixeira dos Santos admite derrapagem entre 1,7 e 1,8 mil milhões de euros

 

Cunha de Lino a favor de Godinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:14

 

 

 

Pelos vistos o Teixeira dos Santos foi chamado ao chefe máximo, deixou os outros 4 horas à espera e quando voltou já não tinha interesse em fazer acordo com o PSD. Ou seja, o chefe máximo e os clones mais próximos deram-lhe ordem de abortar as negociações. Porquê? Não sei, mas alguém teve uma qualquer informação que mudou os parâmetros da questão. Conhecendo o irresponsável que nos governa ou cheira-lhe a dinheiro ou a poder...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:14

 

 

 

Sócrates e Alberto Martins afastam directora-geral da Reinserção Social um dia depois de ser reconduzida pelo secretário de Estado João Correia
Há uma guerra surda no Ministério da Justiça.

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

 

 

 

Cinco jovens foram parar à esquadra por pintarem um mural e terão ouvido "insultos políticos" dos agentes

 

Cinco membros da Juventude Comunista Portuguesa (JCP) queixam-se de terem sido "humilhados" e "insultados" na esquadra da PSP das Olaias, em Lisboa. Os jovens, quatro raparigas e um rapaz com idades entre os 15 e os 17 anos, estariam a pintar um mural com a frase "Vem para a luta por uma escola pública e democrática" na rotunda das Olaias quando foram abordados por dois agentes da PSP. "Com o argumento de que o grupo estava a incorrer num crime de dano público, apesar de se tratar de um mural onde se pode pintar", garante Guilherme Fernandes, membro da comissão política da JCP. Os agentes terão dado "duas possibilidades" aos jovens: "Ou voltavam a pintar o mural ou seriam levados para a esquadra."

O incidente acabaria com os cinco jovens na esquadra, onde terão sido "insultados". Enquanto procediam às identificações, os agentes terão proferido insultos como "Vocês, comunistas, vivem num mundo à parte." As quatro raparigas, acusa a JCP, "tiveram de se despir" e foram revistadas por uma agente, "para se saber se estariam na posse de droga". Um procedimento "normal", garante a PSP, mas que os comunistas consideram humilhante. "A verdadeira intenção foi humilhar e não procurar droga, até porque o grupo foi para a esquadra por estar a pintar um mural, nada indiciando que pudesse estar na posse de estupefacientes", defende Guilherme Fernandes

 

Esta notícia deixou-me mesmo mal disposta. Se a notícia está correcta, e deve estar porque a polícia não a desmente, a polícia abusou claramente da autoridade e humilhou miúdas de 15 e 16 anos sem razão nenhuma. Uma pessoa queixa-se que os miúdos hoje em dia só estão agarrados aos jogos de PC e só pensam em dinheiro e não se entregam a nada de útil. Umas miúdas resolvem pintar um mural a defender um ideal (sim, porque lê-se que estavam a escrever pelo direito a estudarem, não estavam a escrever palavrões nem insultos a ninguém. Ou neste país já nem nos podemos queixar da vida?) e são levadas para a esquadra...sítios cheios de homens e mandadas despir...com 15 anos (o rapaz não, só elas)...não sei...os polícias estavam na sala do lado a espreitar as miúdas a despirem-se? Isso é uma coisa mesmo agressiva. Sem nenhum motivo, pelo que se lê na notícia. mesmo só para humilhar. Homens feitos divertem-se a humilhar garotas adolescente. Que nojo!

Será que não têm filhas? Gostavam que uns tipos agarrassem as filhas e mandassem despir-se só para se divertirem e se distraírem das suas vidinhas tristes? Mas qualquer um não percebe que é assustador ser levada, com 15 anos, para uma esquadra e ter de se despir?

Isto explica muito do que é a cultura bruta do nosso país onde todos os dias homens humilham e matam as mulheres, as namoradas e as filhas. Estes exemplos ajudam muito, sim senhor...

Quer dizer, estas miúdas, como nós todos, vêem em cada polícia o representante de toda a polícia. A polícia que é suposto proteger. Um dia que precisem de ajuda vão fugir da polícia. A partir de agora passaram a não confiar na polícia e a ter medo e uma certa repulsa da polícia.

Que diabo! Os tipos mesmo que passam droga e que cometem crimes, a esses não os incomodam, mas vão usar de excesso de coercção em miúdas que protestam porque se preocupam com os estudos? E o chefe da polícia vem dizer que foi um fait-divers?

Que diabo! Isto deixa uma pessoa mal do estômago. Que nojo! Há gente mesmo estúpida, estúpida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:19


da minha janela

por beatriz j a, em 27.10.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:11


não sei o que é pior

por beatriz j a, em 27.10.10

 

 

 

Ficar sem orçamento ou validar que o Sócrates continue no poder por mais 3 anos. É o que dá por a chave do palheiro na mão dos burros...já sabíamos que ia acabar nisto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:56


lista de coisas que irritam mesmo

por beatriz j a, em 27.10.10

 

 

 

1. Blogues que têm em cada post tantos links para outros posts de vários blogues e/ou jornais que tiram toda a piada à coisa.

 

2. Séries de ficção da TV que pretendem ser muito realistas.

 

3. Apresentadores de TV que tratam o espectador 'tu cá, tu lá'.

 

4. Cenas filmadas com uma câmara ao ombro com a imagem sempre a tremelicar.

 

5. Pessoas na fila do supermercado que só começam a arrumar as compras nos sacos depois de pagar entupindo a caixa para os outros.

 

6. Wanaby's do jet 7 que chegam atrasadas aos espectáculos para que todos reparem nelas.

 

7. A cara da Maria Lurdes Rodrigues.

 

8. A cara do Sócrates.

 

9. Martinis aguados.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:27

g.a


3-8-12


Pág. 1/9



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank