Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





democracia

por beatriz j a, em 28.02.10

 

 

"A nossa constituição chama-se democracia porque o poder está, não nas mãos de uma minoria, mas de todo o povo. Quando está em questão  resolver disputas privadas, todos são iguais perante a lei; quando é questão de escolher uma pessoa de entre duas para posições de responsabilidade pública, o que conta não é ser membro de uma classe particular, mas a real competência que esse homem possui. Ninguém que tenha em si a capacidade de ser útil ao Estado é mantido na obscuridade política por razões de pobreza.. E, assim como a nossa vida pública é livre e aberta, também as nossas relações uns com os outros o são. Não interferimos com o nosso vizinho por ele ter um outro caminho diferente do nosso, nem o olhamos de maneira a magoar os seus sentimentos. Somos livres e tolerantes nas nossas vidas privadas; mas nos negócios públicos obedecemos à lei. E isto porque ela tem o nosso maior respeito." (Tucidides, História da Guerra do Peloponeso)

 

 

Esta é a famosa passagem da oração fúnebre que Péricles, lider da democracia Ateniense, pronunciou em honra aos soldados atenienses que morreram no primeiro ano da guerra do Peloponeso. em 431 a.C.

A História, e o estudo da História, ao contrário do que as 'elites' não democráticas da Europa querem fazer crer, não morreram e não são irrelevantes. A História stá cheia de casos de pessoas cujo valor é ultra-temporal e cujo exemplo é inspirador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:57


astrólogos, políticos e cartomantes

por beatriz j a, em 28.02.10

 

 

 

Eis o programa que contacta com mortos JN

Moita Flores teve muitas reservas, mas acabou por aceitar o convite de Júlia Pinheiro. O presidente da Câmara de Santarém participou numa das sessões em que é suposto entrar em contacto com familiares mortos e o saldo da experiência foi avassalador.

Refira-se que este programa chega a Portugal pela mão de Mónica Carrelhas, astróloga e produtora, como se apresenta no site de Planeta Ideal, empresa que criou para levar adiante este projecto.


Parece que estamos entregues a astrólogos e políticos de feira. A astróloga garante que tudo se passa com elegância, que os mortos com quem contacta não embaraçam os convidados...

Não digo que não existe uma vida depois desta. Agora o que digo é que estes programas incentivam as crendices e superstições das pessoas mais vulneráveis.

Assistimos a uma decadência da racionalidade em favor da crença sem fundamento, da fantasia, da infantilidade intelectual de adultos por falta de uso sistematico da razão. Isto nota-se na acção das pessoas e está ligado a uma educação indulgente com a razão. Uma educação do 'saber fazer', mas sem compreender nada do que se faz e porque se faz. Uma educação onde o conhecimento, a massa que alimenta e orienta o pensamento é visto como uma 'mania' de gente que se acha mais que os outros.

Na semana passada duas alunas deram uma aula. Entusiasmadas com o capítulo que estamos a dar na Psicologia sobre as Relações Interpessoais que incluem a agressividade, a amizade, a intimidade e o amor, pediram se podiam preparar-se e dar uma aula sobre o tema. Disse que sim, claro. As miúdas preparam-se bem e fizeram um bom trabalho. Na aula seguinte disse-lhes qual tinha sido a avaliação delas. Uma outra aluna zangou-se e disse-me que eu não devia (lol, os alunos acham sempre que sabem os nossos deveres melhor que nós) dar nota ao trabalho e devia contar apenas como mera participação na aula porque agora os outros que não deram nenhuma aula ficaram em desvantagem.

É claro que os outros não ficam em desvantagem porque a nota deles não é prejudicada por não darem uma aula (embora o possam fazer). E é evidente que tenho que valorizar o trabalho das duas alunas: fizeram mais do que era pedido e correram o risco de as coisas não sairem bem e fazerem má figura.

A garota que disse aquelas coisas é boa aluna, muito boa miúda e não o disse por mal ou para prejudicar as colegas. É apenas o fruto destes anos e anos de pedagogias miserabilistas que alimentam a ideia de que a democracia significa que todos somos e temos que ser sempre iguais e que o valor individual deve ser desincentivado para não acabrunhar os outros.

É este desprezo pelo conhecimento que, no fim de contas, alimenta aqueles programas de astrólogos que exploram e manipulam os sentimentos das pessoas. Pessoas com uma educação académica que favorecesse os processos racionais e a autonomia teriam mais instrumentos para lutar contra a crendice e a superstição.

Em Inglaterra, soube-se há pouco, muitos deputados e alguns ministros consultam astrólogos com frequência...A ideia de andarmos a ser governados por astrólogos e cartomantes até assusta.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:04


médicos de família

por beatriz j a, em 27.02.10

 

 

Ministra quer toda a população com médico de família em 2013
O Governo quer chegar ao final da legislatura (2013) «com toda a população com médico de família» SOL

 

 

A mania de regulamentar tudo. Uma coisa é garantir que quem precisa, ou quer, tenha médico de família, outra coisa bem diferente é obrigar toda a gente a ter médico de família no centro de saúde; quer dizer, uma pessoa fica doente, e em vez de ir a um médico seu de confiança, é obrigada a ir a um médico desconhecido no centro de saúde só para agradar à ministra? 

Se ficar doente vou ao meu médico. Se precisar de ficar em casa, ele passa-me um atestado. Pois não serve e tenho que ir, doente, meter-me numa fila no centro de saúde para pedir a um médico que não conheço nem me conhece para me passar uma baixa para agradar à ministra. É claro que ele resiste a passar-me uma baixa porque nem sequer me conhece. Mas eu é que não vou mudar de médico só para agradar à ministra. E porque irira engrossar as filas do centro de saúde,. se não preciso, nem quero?

É um sistema idiota.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:59


in the mood for...Easy Lover

por beatriz j a, em 27.02.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:15


Anch'io vorrei...

por beatriz j a, em 27.02.10

 

 

 

 

Lamento Di Federico

 

E la solita storia del pastore...

 

Il povero ragazzo voleva raccontarla e s'addormi.

 

C'e nel sonno l'oblio. Come l'invidio!

 

Anch'io vorrei dormir cosi, nel sonno almen l'oblio trovar!

 

La pace sol cercando io vo'. Vorrei poter tutto scordar!

 

Ma ogni sforzo e vano. Davanti ho sempre

 

Davanti ho sempre di lei il dolce sembiante.

 

La pace tolta e solo a me. Perche degg'io tanto penar?

 

Lei! sempre lei mi parla ancor! Fatale vision, mi lascia!

 

Mi fai tanto male, Ahime!

 

 

( Francesco Cilea, L'Arlesiana)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:50


três rosas

por beatriz j a, em 27.02.10

 

Claude Theberge - Three roses

 

Três rosas em jarra chinesa
adornam a minha mesa
duas brancas de alva seda
contrastam com a terceira
voluta de profundo rubi.
Exalam perfume elegante
envolta nele dormi
sono rico, enebriante
de suave veludo carmim.

(...)

 

bja

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30


vento

por beatriz j a, em 27.02.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:35


funny, very funny

por beatriz j a, em 27.02.10

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:36


realidade

por beatriz j a, em 27.02.10

 

 

Ontem tive aulas com uma turma que estava quase por metade porque o resto dos alunos foram a uma visita de estudo ao Porto. Foram 5ª, vêm amanhã. Os que lá estavam dissera-me que sabiam que estava tudo a correr, que estavam a gostar imenso e tal. Perguntei-lhes porque não tinham ido também: 'não há money professora', foi a resposta de uma. Mas quanto custava a viagem? Tudo incluído, 70 euros.

Esta é a triste realidade. Os alunos não poderem ir a uma visita de estudo com os colegas por não terem 70 euros.

Os políticos que se fecham nos corredores do poder e nos gabinetes decorados milionariamente a preceito para reflectirem a personalidade de quem, provisoriamente, os habita, lidam com o povo por intermédio de relatórios.

Mas nós lidamos com as pessoas: todos os dias contactamos com os alunos que não têm sapatos, que não têm casaco, que não têm dinheiro para a calculadora, que não têm dinheiro para uma viagem de estudos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:57


deixar a música

por beatriz j a, em 26.02.10

 

 

Música SOL
Guitarrista admite que despedida dos Scorpions vai ser dolorosa
Os Scorpions preparam-se para pôr fim a 40 anos de carreira com um álbum e uma longa digressão, mas sabem que a despedida vai ser dolorosa e insuportável, disse o guitarrista Matthias Jabs à agência Lusa

 

 

Não percebo isto de um grupo anunciar que vai deixar de fazer música. Compreendia que acabassem com as tournés que são fisicamente esgotantes, mas deixar de fazer música? Deixa um pintor de pintar por ter 50 anos, ou um escritor de escrever? Por que raio deixam de fazer música, se são músicos?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28


??????????????? greve?

por beatriz j a, em 26.02.10

 

 

 

Pré-aviso entregue ontem ao Governo P

Fenprof convoca greve dos professores para dia 4 de Março

Macacos me mordam se percebo estes indivíduos. Passou-se alguma coisa nas reuniões com o ministério que não saibamos? Então assinam acordos à noite e à pressa e depois tiram uma greve da cartola? Assim sem mais?

Não compreendo esta maneira de agir sem método e coerência.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:24


qual é a coisa mais valiosa deste país?

por beatriz j a, em 26.02.10

 

 

 

«Sócrates beneficiou lóbi das farmácias». O Governo alterou a lei sobre a concessão das farmácias hospitalares a privados, a pedido do presidente da ANF, João Cordeiro. A
troca fez-se já depois da aprovação do decreto em Conselho de Ministros. O intermediário entre Cordeiro e Sócrates foi Armando Vara, que funcionava como pivô de vários negócios junto do primeiro-ministro.
  SOL

 

Neste país, a coisa mais valiosa é a agenda de telefones do Armando Vara.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:43


instrospecção

por beatriz j a, em 25.02.10

 

 

 

      westerberg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16


acordo?

por beatriz j a, em 25.02.10

 

 

Reponho aqui o que escrevi no dia em que se soube daquele acordo tipo bebé prematuro e estranho. Agora veja-se se não tinha razão, face à luz dos (não)-desenvolvimentos entre a ministra e a Fenprof.

 

Eu devo ser um bocado tapada porque não percebo os motivos da festa. Não vejo o que mudou desde que os sindicatos entraram para a reunião com a ministra até que sairam, excepto terem levantado um dos estrangulamentos artificiais da carreira. Os outros dois continuam; continua o sistema de cunhas e favores de ir pedinchar excelentes para não estar sujeito a vagas; continuam avaliações de 2 em 2 anos; o tempo de serviço roubado não é devolvido; as direcções não são democráticas; às tantas continua o sistema de haver professores nas escolas sem turmas a fazer de inspectores avaliadores dos colegas, sendo que só eles têm acesso a cargos...

Tudo o resto que tem a ver com o trabalho na escola e com o estatuto dos alunos nem foi mexido...está tudo no...logo se verá...a ministra garante isto e aquilo...

Gostava que alguém me explicasse o que é que melhorou.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:52


Líderes são pessoas que inspiram outros...

por beatriz j a, em 25.02.10

 

...que os galvanizam, que fazem vir ao cima o que de melhor eles têm, as qualidades e as virtudes e o sentimento de pertença e de coesão e de urgência que convoca a vontade para a acção. Não mentirosos desleais que promovem a fraude e o vício e transformam a incompetência em leis.

 

 

We few, we happy few, we band of brothers...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:29


tenho pena do confessor do indivíduo

por beatriz j a, em 25.02.10

 

 

Sócrates falou com Rui Pedro Soares sobre a TVI

Económico  
25/02/10 09:20

Primeiro-ministro terá conversado com o ex-administrador da PT sobre o negócio da TVI e, segundo a revista Sábado, ter-se-á mostrado muito descontente por desconhecer os pormenores do negócio.


Segundo a mesma publicação, o primeiro-ministro ter-se-á mostrado furioso por não ter sido informado do negócio, reacção que surpreendeu Paulo Penedos, advogado e ex-assessor da PT.

 

A notícia contraria as declarações de José Sócrates que, na segunda-feira passada, em entrevista à SIC, repetiu: "Se alguém invocou o meu nome, fê-lo abusivamente, mas não acredito que isso tenha acontecido. Nunca discuti esse assunto [negócio da TVI] com ninguém, nem nunca dei orientações".

 

O primeiro ministro sendo católico (pelo menos aparece várias vezes nas imagens a benzer-se) deve dar um trabalhão ao confessor dele. Só o volume de mentiredo que produz ocupará um dia inteiro, em cada semana, a desfiar no confessionário. Tenho pena do pobre homem, seja quem for.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09


ao leme do navio sem carta de marear

por beatriz j a, em 25.02.10

 

 
Face Oculta

Jornalistas do "Sol" constituídos arguidos

por DN.pt  Hoje

Três jornalistas do semanário "Sol" foram constituídos arguidos no âmbito do processo Face Oculta e deverão ser ouvidos no no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa (TIC) na próxima terça-feira.

 

Os que cometem os crimes andam à solta e os que os denunciam é que são castigados.

O primeiro ministro e quejandos não governam. Perseguem jornalistas.

Fui dar com um artigo no Der Spiegel com o seguinte título: PIIGS To The Slaughter. Já sabíamos que os ingleses chamavam este nome aos países do sul (Portugal, Itália, acrescentaram agora a Irlanda, Grécia e Espanha) mas geralmente faziam-no em privado, à 'boca pequena'. Pois agora já usam a alcunha como título de artigos principais em jornais de grande importância.

É claro que também sabemos que estes mesmos países que assim insultam os outros foram os que forçaram a entrada na moeda única para seu benefício próprio e têm-se entretido a destruir a agricultura, pescas, etc., desses mesmos países.

Mas, a verdade é que, pelo menos neste país, faz-se tudo menos governar que era o que interessava.

A Mª José Nogueira Pinto disse hápouco tempo, e eu estou de acordo, que já todos percebemos que governar e desenvolver o país e manter o PS no poder são coisas, neste momento, incompatíveis. Esta notícia dos jornalistas constituídos arguidos e do PGR andar a ameaçar juízes e do primeiro ministro só se interessar pela sua imagem e isso, é a prova de como estamos encalhados por causa do comandante do navio ser uma besta que se meteu ao leme sem ter carta de marear.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:47


J.S. Bach - BWV1007 (Li Jie)

por beatriz j a, em 25.02.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:01


livros?

por beatriz j a, em 25.02.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 06:30


Li Jie - Serenata Espanola (Malats)

por beatriz j a, em 24.02.10

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:51

g.a


3-8-12


Pág. 1/5



no cabeçalho, pintura de Paul Béliveau. mail b.alcobia@sapo.pt

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


subscrever feeds


Pesquisar

  Pesquisar no Blog



PageRank